ITAITUBA

A Justiça do Pará cassou a liminar da 1º Vara Cível e Empresarial de Itaituba e garantiu a realização do concurso público do Corpo de Bombeiros Militar do Pará.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


A Justiça do Pará cassou a liminar da 1º Vara Cível e Empresarial de Itaituba e garantiu a realização do concurso público do Corpo de Bombeiros Militar do Pará. A decisão foi publicada no Diário da Justiça.

A ação movida pela Procuradoria Geral do Estado (PGE) solicitou a manutenção do concurso e obteve parecer favorável do desembargador Constantino Guerreiro, do Tribunal de Justiça do Estado. O procurador geral do Estado, Antônio Sabóia, explica que a decisão levou em consideração o fato de que a liminar pedia a suspensão do concurso às vésperas de sua realização, sendo que o edital com as cidades sede das provas havia sido divulgado desde o ano passado. O comandante do sétimo batalhão em Itaituba disse que a decisão foi sensata.


O concurso nº 01/2015 do Corpo de Bombeiros Militar do Pará oferta 330 vagas, sendo 300 para soldados e 30 para oficiais, com remunerações que variam de R$ 1.005,71 a R$ 5.469,59. No total, 42.259 candidatos se inscreveram no certame. A edição desta quarta-feira (20) do Diário Oficial do Estado (DOE) o edital traz publicados os locais e horários de prova do concurso, que podem ser conferidos no site da Consulplan.


O COMANDANTE DIZ QUE SE A DECISÃO DE SUSPENDER O CERTAME FOSSE MANTIDA HAVERIA MUITOS PROBLEMAS E LEVARIA MUITO TEMPO PARA UMA NOVA APLICAÇÃO DE PROVAS.

SONORA

COM A DECISÃO OS CANDIDATOS DE ITAITUBA FARÃO AS PROVAS EM SANTARÉM COMO JÁ HAVIA DIVULGADO



O COMANDANTE DO BATALHÃO, MILITAR EXPERIENTE DE CARREIRA NA CORPORAÇÃO ENCERROU A ENTREVISTA DANDO DICAS PARA QUEM VAI FAZER AS PROVAS QUE ACONTECEM NO PRÓXIMO DOMINGO.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS