ITAITUBA

A MORTE DO SARGENTO JOÃO LUIS TAMBÉM REPERCUTIU NA CÂMARA MUNICIPALDE ITAITUBA, OS VEREADORES LAMENTARAM O FATO E ATRIBUÍRAM A OCORRÊNCIA AS AÇÕES DO IBAMA E ICMBIO NA REGIÃO.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


 

Há muito tempo empresários e trabalhadores do setor madeireiro e mineral  vem questionando a forma de atuação dos órgãos ambientais na região de Itaituba, Jacareacanga e Novo progresso, queimando barracos, caminhões e maquinas adquiridas com muito trabalho, esse tipo de ação gerou um descontentamento muito grande na região o que acabou provocando a morte do sargento João Luiz que, por determinação do comanda maior da policia militar  acompanhava as operações do IBAMA.


Esse assunto foi amplamente discutido na sessão da câmara de vereadores de Itaituba na manhã desta terça feira, todos os parlamentares se posicionaram contra a forma de atuação dos órgãos ambientais na região.

Os vereadores também se posicionaram contra a participação da policia militar nas operações, uma vez que se trata de ações de órgãos do governo federal. A operação que resultou na morte do sargento da policia militar era destinada ao combate a exploração de madeira ilegal, mas de acordo com o presidente da AMOT, os garimpeiros também sofrerão as conseqüências.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

Últimas Notícias