ITAITUBA

Acidente deixa carro e motocicleta danificados no Bairro Bom Remédio, em Itaituba (PA)

A vítima ficou ao solo sofrendo dores. Foto: Weslen Reis/Plantão.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

No final da tarde desta quinta-feira (04), colisão deixou uma motocicleta POP e um veículo táxi danificados. O fato aconteceu na 20ª Rua do Bairro Bom Remédio, no município de Itaituba (PA).

Conforme o que foi apurado no local, o condutor da moto e o do veículo seguiam sentido Escola São Tomé; ou seja, na mesma direção. Porém, o motorista do táxi fez a dobra para entrar na garagem, e, segundo relatos de populares, o piloto da motocicleta acelerou na tentativa de ultrapassar o carro.

Ainda de acordo com informações, o condutor do veículo não deu sinal. Contudo, ele afirma que sinalizou. Para mais, disse que o rapaz estava na contramão.

“Eu vinha entrando para a garagem e ele bateu no carro. Eu dei o pisca… A mão dele é aquela lá. Essa daí é quem sobe. Ele vinha descendo na contramão. Eu acho que ele vinha puxando uns 80 ou mais”, disse o motorista.

Com o choque, o rapaz da moto foi jogado ao solo e permaneceu sentindo algumas dores. O carro ficou com a porta amassada, e a motocicleta com a frente bastante danificada.

Ambos os veículos ficaram bastante danificados. Foto: Weslen Reis/Plantão.

Em seguida, o Corpo de Bombeiros fez diligências para o local e realizou os atendimentos à vítima, identificada como Elson Henrique da Silva Ribeiro, 25 anos, que apresentou suspeita de traumatismo encefálico.

A Coordenadoria Municipal de Trânsito (COMTRI), Polícia Militar e Departamento de Trânsito do Pará (DETRAN) também estiveram acompanhando a situação.

Em entrevista à imprensa, o Agente Oclênio, do DETRAN, destacou os procedimentos que serão realizados. Para mais, pede que as pessoas tenham mais atenção no trânsito.

Agente Oclênio em entrevista. Foto: Weslen Reis/Plantão.

“… Será encaminhado à delegacia para ser feito os procedimentos. Observando o local, a gente observa na freada dele, que ele estava descendo na contramão, mas isso é um procedimento de uma pessoa que vai fazer uma ultrapassagem. Então, o que tem que verificar é, se realmente, a pessoa estava fazendo a ultrapassagem e ele realmente ligou o pisca […]”, Agente Oclênio, do DETRAN.

“… A gente pede à população que passe a andar mais devagar. Não estão respeitando o limite de velocidade das vias públicas de Itaituba. A maior parte dos acidentes que acontecem esse tipo de problema aí as pessoas ficam fraturadas devido não respeitar a velocidade. Aqui em Itaituba não tem nenhuma via que você possa andar mais que 60/h. A única que você ainda pode andar 60/h é a Rodovia Transamazônica…”, complementou.

Fonte: Plantão 24horas News.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo