ITAITUBA

Acidente deixa três feridos

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Três pessoas ficaram feridas em um acidente ocorrido na madrugada de ontem, na rodovia Augusto Montenegro, em Belém. O condutor de um táxi perdeu o controle do veículo ao tentar desviar de um motoqueiro e acabou invadindo a frente de uma loja de motocicletas após bater em um poste. O motorista, de prenome Walmir, ficou gravemente ferido. Mais duas pessoas que estavam no veículo também se machucaram, mas sem gravidade.


O acidente ocorreu por volta das 3h30, à altura do km 11 da rodovia Augusto Montenegro, após a entrada do Tenoné. As vítimas estavam em um táxi Palio Weekend de placa NSL-5436, que trafegava no sentido Entroncamento / Icoaraci. 
Testemunhas contaram que o taxista se surpreendeu com um motoqueiro, que fez um retorno proibido e entrou na mesma faixa em que estava o Palio.
“Para não bater no motoqueiro, o taxista jogou o carro para a direita, mas perdeu o controle”, disse o vendedor Josiel Santos, que afirmou ter visto o acidente. O taxista bateu em um poste e depois invadiu a fachada da loja de motocicletas. O carro ficou destruído e a frente do estabelecimento também foi quebrada.
Bastante ferido, o motorista foi retirado do veículo e conduzido para o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua. Os dois passageiros foram levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Icoaraci.
Informações obtidas no local do acidente apontam que o estado de saúde dos dois passageiros era estável. Já o estado de Walmir era preocupante. “Eu ainda não sei detalhes dos procedimentos no hospital, mas já fui informado que o estado dele é grave”, afirmou o pai do condutor. Segundo ele, Walmir é taxista há bastante tempo, mas trabalha na cooperativa há quatro meses.
Responsáveis pela loja de motocicletas disseram ao pai do taxista que uma moto e vários capacetes foram furtados do estabelecimento após o acidente. “Parece inacreditável que algumas pessoas tenham corrido para furtar a loja ao invés de socorrer as vítimas ou buscar socorro”, lamentou o pai de Walmir. As imagens de uma câmera de segurança instalada na entrada do estabelecimento devem ajudar as autoridades a confirmar o furto, identificar quem está por trás do crime e esclarecer como tudo ocorreu.
Este jornal não conseguiu contato com a assessoria de imprensa do HMUE até o final da manhã de ontem para obter mais informações sobre o estado de saúde do taxista.
Fonte: Portal ORM

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo