ITAITUBA

Ananindeua/PA: Polícia Civil apreende mais de 26 quilos de haxixe e prende três por tráfico de drogas

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


A Polícia Civil desarticulou, um esquema de tráfico de drogas, com a prisão de três pessoas envolvidas no crime e apreensão de mais de 26 quilos de haxixse, um tipo de maconha modificada em laboratório. O flagrante foi realizado em uma empresa transportadora, localizada na rodovia BR-316, em Ananindeua, região metropolitana de Belém, por policiais civis da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), sob comando dos delegados Hennison Jacob e Jarson Silva. A droga estava com o motorista de um caminhão da empresa, Kenedy Pereira da Silva, responsável por trazer o entorpecente de Goiânia para o Pará.
Ele foi preso em flagrante junto com Nayara Cardoso do Rosário, a quem o motorista havia entregue a droga, e o mototaxista Edilson Maia dos Santos. Conforme os policiais civis, a apreensão da droga resultou de uma denúncia anônima. “Conseguimos flagrar o momento em que o motorista do caminhão entregou para Nayara uma caixa plástica de cor preta contendo uma sacola preta na qual estavam os 26 tabletes da maconha”, explica o delegado Jarson, responsável pela lavratura do auto de prisão em flagrante. Após receber a droga, Nayara foi abordada no momento em que se preparava para deixar o local na garupa da mototáxi.
Depois da apreensão da droga, os policiais civis tiveram apoio de um cão farejador do Grupo de Operações Com Cães da Polícia Rodoviária Federal do Pará para fazer uma revista no caminhão, na presença de representantes da empresa transportadora, porém não foram encontradas mais drogas. “Foi possível identificar o local exato no caminhão em que a droga estava acondicionada”, detalha o delegado. Os presos já foram recolhidos para responder pelo crime na Justiça. A droga apreendida foi encaminhada para exame pericial.

Fonte: http://plantao24horasnews.blogspot.com.br/

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo