ITAITUBA

Ataques online crescem em 2020 com 360 mil vírus disparados por dia

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


source
hacker virus golpe
Unsplash

Ataques hacker crescem em 2020

Cerca de 360 mil novos arquivos maliciososo foram lançados por dia ao longo de 2020, de acordo com relatório da empresa de cibersegurança Kaspersky. O número é 5,2% mais alto que o registrado em 2019.

O principal “vírus” espalhado pelos hackers foram os trojans , disseminados 60% mais neste ano quando em comparação com o ano passado. Nesse tipo de golpe, os cibercriminosos podem roubar dados ou espionar as vítimas. 

A maior parte dos arquivos maliciosos (89%) foi distribuída no sistema operacional Windows , enquanto as ameaças relacionadas ao Android caíram quase 14%. De acordo com a Kaspersky, isso provavelmente se deve a uma mudança de foco dos cibercriminosos em um ano no qual o home office e a educação à distância ganharam espaço, tornando os computadores mais vulneráveis.

“Ao longo do último ano, nossos sistemas de detecção descobriram muito mais novos objetos maliciosos do que em 2019. Devido à pandemia, usuários do mundo inteiro foram forçados a passar mais tempo em seus dispositivos e online. É difícil saber se os atacantes estiveram mais ativos ou se nossas soluções detectaram mais arquivos maliciosos, simplesmente, porque a atividade foi maior. Pode ser uma associação dos dois fatores”, afirma Denis Staforkin, especialista em segurança da Kaspersky.

Como se proteger

Apesar de existirem diversos tipos de sistemas maliciosos , algumas dicas valem para quase todos os golpes . Confira abaixo as orientações dos especialistas da Kaspersky para se proteger:

  • Não abra arquivos ou anexos suspeitos que venham de fontes desconhecidas;
  • Confira a URL de um site antes de clicar nele. Sites falsos simulam outros oficiais, mas aocm alguns detalhes de diferença;
  • Não baixe nem instale aplicativos de fontes não oficiais, como as lojas de apps de casa sistema operacional;
  • Não clique em links de fontes desconhecidas ou de anúncios suspeitos;
  • Crie senhas fortes e exclusivas, que incluam uma mistura de letras maiúsculas e minúsculas, números e pontuações, e ative a autenticação de dois fatores;
  • Sempre instale as atualizações disponíveis de todos os sistemas operacionais e aplicativos que você utiliza. Algumas delas podem conter correções para problemas de segurança críticos;
  • Ignore mensagens que solicitam a desativação de sistemas de segurança para software do Office ou software antivírus.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo