ITAITUBA

Belém/PA: Polícia Civil cumpre mandado de prisão de suspeito de matar mulher em hotel

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


A Polícia Civil prendeu, nesta terça-feira, 2, em cumprimento a mandado de prisão preventiva, o operário da construção civil Adriel das Chagas dos Santos, 34 anos, suspeito da autoria do assassinato de Lúcia Ferreira de Azevedo, 33. A vítima foi encontrada morta em um quarto de hotel no bairro da Campina, centro de Belém, na manhã do último dia 12 de julho. A mulher estava seminua com as palavras ‘X-9’ e ‘Cagueta’ escritas nas nádegas com material de maquiagem. Ele foi preso por policiais civis da Divisão de Homicídios no momento em que saía de sua casa, no bairro da Sacramenta, em Belém.

O acusado foi identificado por meio de testemunhas que confeccionaram o retrato-falado do autor do crime. A imagem confeccionada pelo Setor de Perícia Iconográfica e Retrato Falado, da Diretoria d[e Identificação da Polícia Civil, apontou 90% de semelhança com o autor do crime. A semelhança do suspeito com a imagem do retrato-falado chamou a atenção dos policiais civis.

Apesar de reconhecer que mantinha um envolvimento amoroso com a vítima, o acusado negou a autoria do crime, alegando que estava com outra mulher no dia do fato. Contudo, a mesma mulher que estaria com o acusado no dia do crime, ao ser ouvida pela delegada Maria Lucia Santos, presidente do inquérito, negou estar com o acusado perto do horário em que a vítima foi encontrada no hotel. A motivação do crime ainda está sob investigação. O preso alega que jamais foi preso e que soube da morte da vítima por meio do noticiário. Ele vai permanecer recolhido à disposição da Justiça.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS