ITAITUBA

Belém: último paciente do Amazonas recebe alta do Hospital de Campanha do Hangar

Paciente deixando o hospital segurando a placa "Eu venci a COVID-19". Foto: Reprodução/ASCOM – Hospital de Campanha do Hangar.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Um dos momentos mais aguardados pelos profissionais de saúde do Hospital de Campanha do Hangar aconteceu. O último paciente, com origem do Amazonas, recebeu alta médica da unidade, neste domingo (14), e viajou de volta para os braços da família.

Cláudio Almeida de Araújo, que completa 53 anos nesta segunda-feira (15), deu entrada no Hospital de Campanha do Hangar no dia 4 de fevereiro. Com origem no município de Tefé, no Amazonas, de forma tímida, mas com alegria no olhar, ele se despediu da equipe da unidade após passar mais de 30 dias internado.

“No Hospital, pensei muito em Deus, senti muita saudade da minha família. Vou voltar para casa. Minha mensagem é que todos usem máscara, se cuidem. É uma doença muito perigosa”, comenta. Ele faz parte do grupo de 41 pacientes que vieram transferidos do estado vizinho para receber tratamento contra a Covid-19 na unidade de Campanha que pertence ao Governo do Pará, gerenciada pela Pró-Saúde.

Durante a internação, Claudio precisou de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em duas ocasiões. Não precisou ser intubado, mas teve comprometimento pulmonar em 75%. Com o suporte dos profissionais de saúde do Pará, Cláudio apresentou melhora do seu quadro clínico e conseguiu sair da UTI no dia 20 de fevereiro. Ele seguiu o tratamento na enfermaria do Hospital de Campanha até o dia de sua alta, neste domingo.

Ao todo, dos 41 pacientes com origem do Amazonas e recebidos pelo Hospital de Campanha, localizado em Belém, 32 foram recuperados. Nove, infelizmente, acabaram não resistindo à doença.

Altas de pacientes

Neste domingo (14), ao todo, 20 pacientes receberam alta e também puderam voltar para as suas famílias. Eles fazem parte de uma luta diária dos profissionais de saúde que estão na linha de frente de combate à Covid-19.

Bárbara Freire, diretora técnica do Hospital de Campanha, reforça que a população continue se cuidando e protegendo uns aos outros, pois a Covid-19 é uma doença que afeta rapidamente o sistema respiratório, sendo de difícil controle em alguns casos.

“A Covid-19 é uma doença grave, que leva a internação rápido e requer muitos cuidados. É importante manter o cuidado e respeitar o isolamento social. Essa ação é uma demonstração, inclusive, de respeito ao nosso trabalho”, conclui.

O Hospital de Campanha de Belém está atendendo neste momento 328 pacientes, sendo 108 em leitos de UTI. No total, 4.636 pessoas já foram atendidas, das quais 261 foram transferidas, 3.055 receberam alta e 1.069 foram a óbito.

Fonte: Plantão 24horas News/ASCOM – Hospital de Campanha do Hangar.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo