ITAITUBA

Belterra, Terra Santa e Aveiro ganharam nota zero em transparência segundo classificação do MPF

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Os 10 piores municípios em transparência do oeste do Pará

Belterra, Terra Santa e Aveiro ganharam nota zero em transparência

Terra Santa, milhões de recursos de royalties e com transparência zero

O MPF (Ministério Público Federal) divulgou hoje, 8, a classificação do novo ranking nacional da transparência de estados e municípios brasileiros.

O ranking é iniciativa do Câmara de Combate à Corrupção do MPF.

No Pará, Abaetetuba foi o único município a ter portal da transparência avaliado em 10 pontos, a nota máxima. Belém e Baião são os dois entes federativos com as segunda e terceira melhores notas do ranking: 9,7 e 9,6 pontos, respectivamente.

Leia também – Os 17 comandantes do Comando Regional da PM em 23 anos de existência.

Na outra ponta, há 26 municípios que receberam nota zero em transparência. 3 deles são do oeste do Pará, entre os quais Terra Santa, que recebeu apenas nos dois primeiros meses deste ano da União R$ 2,2 milhões em royalties pela extração de bauxita.

Abaixo, ranking dos 10 piores em transparência do oeste do Pará.

Belterra
Nota: Zero
Prefeito: Dilma Serrão

Terra Santa
Nota: Zero
Prefeito: Marcílio Picanço

Aveiro
Nota – Zero
Prefeito: Olinaldo Barbosa, o Fuzica

Porto de Moz
Nota: 0,4
Prefeito: Edilson Cardoso

Faro
Nota: 0,6
Prefeito: Marinete Machado

Uruará
Nota: 0,8
Prefeito: Everton Moreira

Alenquer
Nota: 1,2
Prefeito: Flávio Marreiro

Monte Alegre
Nota: 1,3
Prefeito: Arinos Brito

Vitória do Xingu
Nota: 1,5
Prefeito: Vando Amaral

Juruti
Nota: 1,7
Prefeito: Marquinho Dolzane

Fonte MPF

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS