ITAITUBA

Braçal é assassinado com tiro de espingarda de fabricação caseira

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


O trabalhador braçal Jonas Martins da Silva, de 25 anos, natural de Parauapebas, foi assassinado com um tiro de espingarda de fabricação caseira desferido por Ananias Neto. O crime aconteceu na madrugada de sábado (29) numa fazenda localizada na Vila Brasil, a 40 quilômetros do centro de Parauapebas.

De acordo com o que informou João Cipriano de Aquino, irmão do acusado, Jonas e Ananias estavam bebendo na casa dele, quando Jonas, que seria usuário de maconha, chegou sob o efeito da substância. Ao ingerir bebida alcoólica, a vítima teria ficado violenta e começou a arrumar confusão.

“Ele ficou doido e o pessoal começou a querer amarrá-lo, mas pedi para não fazerem aquilo, pois eu ia atrás do vaqueiro da propriedade onde ele trabalhava, para levá-lo para casa. Enquanto eu pedia ao vaqueiro para ir buscá-lo escutei o tiro e quando chegamos lá ele já estava agonizando no chão”, conta João Cipriano, frisando que ficou sabendo que ele tentou furar seu irmão Ananias com um canivete e este, para se defender, atirou nele e fugiu do local.

Segundo ainda João Cipriano, ele e outras pessoas ainda procuraram o acusado pela área da fazenda, mas não encontraram. “Não sei se ele está ferido, porque vi sangue no canivete”, observa. (Vela Preta/Waldyr Silva)

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS