ITAITUBA

Brasil ultrapassa marca de 70 mil mortos e 1,8 milhão de infectados pela Covid-19

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


O único outro país do mundo a ter superado a marca de 70 mil mortes foi os Estados Unidos, em 6 de maio, quando atingiu 70.802 óbitos pela doença, segundo dados do Centro para o Controle e Prevenção de Doenças (CDC). 

Hoje os EUA contabilizam mais de 3,1 milhões de infecções confirmadas e 133 mil óbitos, de acordo com a Universidade Johns Hopkins. O Brasil vem na sequência em números absolutos como nação mais atingida pela pandemia. 

Por quatro dias consecutivos, o País contabilizou mais de 1,1 mil mortes e mais de 40 mil novos casos confirmados da doença no período de 24 horas: foram 45.235 de ontem para hoje e agora já são 1.804.338 pessoas contaminadas. A covid-19 já chegou a 96,4% dos municípios (5.371) e o percentual de cidades com mortos é de 51%, segundo dados do Ministério da Saúde. 

Brasil se aproxima de 70 mil mortes por covid-19; veja balanço de quinta
Cemitério Parque Taruma, em Manaus – Andre Coelho/Getty Images
Liderando o ranking brasileiro de mortes e casos, São Paulo acumula 17.442 mortes pela covid-19 e 359.110 casos confirmados da doença. Nas últimas 24 horas, foram 9.395 novas infecções e  324 óbitos a mais desde quinta-feira. Além de São Paulo, outros 12 estados já ultrapassaram a marca de mil mortes pela covid-19. 

O estado do Rio de Janeiro é o segundo com mais óbitos, com 11.280 vítimas da doença. Em seguida estão: Ceará (6.777), Pernambuco (5.482), Pará (5.224), Amazonas (3.008), Maranhão (2.392), Bahia (2.383), Espírito Santo (1.967), Rio Grande do Norte (1.356), Alagoas (1.246) e Paraíba (1.229). 

O Estado do Rio Grande do Sul, que ontem havia feito registrado com 45 óbitos, hoje aumentou esse dado com 49 mortes. No Paraná, foram 50 óbitos contabilizados no último balanço, número maior que o dia anterior (34 mortes). Em Santa Catarina, o boletim indicou 12 novas vítimas da covid-19 nas últimas 24 horas. 

No País, o maior pico de novos casos de coronavírus foi registrado no dia 19 de junho, quando o país confirmou 55.209 novos infectados pela doença. 

Estadão

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS