ITAITUBA

Calendário do Renda Pará encerra com quase 650 mil famílias beneficiadas

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


O Programa Estadual Extraordinário “Renda Pará” encerrou, no sábado (19), o calendário de pagamentos conforme a data de aniversário dos beneficiários. Para aqueles que não conseguiram receber, por problemas cadastrais ou mesmo pelo não comparecimento à agência no dia programado, o Banco do Estado do Pará (Banpará) abrirá um novo prazo a partir do dia 28 deste mês de dezembro de 2020.

Em todo o Estado, 649.060 beneficiários foram contemplados com o reforço de R$ 100, em cota única, entre os dias 20 de novembro e 19 de dezembro. O total de recursos transferidos chegou a R$ 64.906.000,00, e isso só foi possível em função do equilíbrio das contas públicas alcançado pelo Governo do Estado, que tomou medidas de reestruturação e ajuste fiscal, como a contenção de gastos e despesas.

Moradora de São Caetano de Odivelas, na região Guamá, Socorro Coutinho recebeu o benefício no início de dezembro. “É um dinheiro que ajuda, ainda mais no final do ano para fazer as ceias de Natal e comprar algumas coisinhas para casa. Já é um grande reforço para quem ganha pouco”, disse a dona de casa de 50 anos de idade. “Conferi a data de pagamento pela internet e fui no Banpará receber. Foi bem tranquilo”, completou.

O “Renda Pará” considerou os paraenses cadastrados no Programa Bolsa Família, em algum grau de vulnerabilidade socioeconômica acentuado pela pandemia. “Esse benefício eventual é resultado de uma excelente e eficaz gestão da equipe de Planejamento e Finanças do nosso Governo porque são quase R$ 100 milhões, que serão distribuídos às famílias do Pará com a intenção do governador de que as famílias tenham um Natal um pouco mais aquinhoado, especialmente ainda contando com os efeitos da pandemia e a inflação que tem corroído a capacidade de compras do pouco dinheiro que as famílias têm”, salientou Inocêncio Gasparim, secretário de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster).

A Seaster atua em parceria com o Banpará no Programa para que o recurso alcance rápido o destino certo: as pessoas mais necessitadas. “O Renda Pará é sem dúvida uma das maiores iniciativas emergenciais já realizadas neste governo, já que foi pensado de forma humana, com objetivo de proporcionar um final de ano digno e mais tranquilo a tantas famílias”.

“Nós, enquanto Secretaria de Assistência, estamos felizes em saber que temos alcançado esse quantitativo, e que acima de tudo, temos conseguido seguir com a nossa principal missão, que é a de garantir direitos”, acrescentou o titular da Seaster, Inocêncio Gasparim.

Para garantir o repasse, o Banpará montou uma organização para atender cerca de 35 mil pessoas por dia, sem impactar nos demais serviços da instituição bancária. “O Banpará se mobilizou totalmente para o pagamento do Programa Renda Pará, criou uma estrutura que envolveu pessoal, transferindo funcionários da sede matriz para o atendimento nas agências; envolveu tecnologia, criando procedimentos que agilizaram sobremaneira o atendimento; e logística, instalando tendas e cadeiras para dar mais conforto para os beneficiários do programa”, detalhou o presidente Braselino Assunção.

Uma nova programação está prevista àqueles beneficiários que não conseguiram receber no calendário de aniversariantes. “Haverá uma parada em decorrência do pagamento do funcionalismo público estadual e também do Natal. A partir do dia 28 até o dia 30 atenderemos os retardatários e ainda os que apareceram como “não cadastrados” no sistema. Essas pessoas, se estiverem ativas no Bolsa Família, deverão comparecer às agências do Banpará, portando o cartão do programa, CPF e documento de identificação com foto, que serão atendidos para a inscrição e posterior recebimento a partir do dia 2 de janeiro de 2021″, explicou o presidente do Banpará.

Fonte: Governo PA

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS