ITAITUBA

Chegam os testes rápidos para os profissionais da saúde e pacientes sintomaticos, em Santarém.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) recebeu nesta quinta-feira (9), 300 testes rápidos para profissionais de saúde e pacientes sintomáticos em Santarém, no oeste do Pará.
Chegam os testes rápidos para os profissionais da saúde e pacientes sintomáticos em Santarém — Foto: Agência Santarém/Divulgação
Os kits foram adquiridos com recursos próprios do município. A Semsa aguarda ainda uma segunda remessa que deve ser disponibilizada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde do Pará (Sespa).
O resultado realizado com o teste sai em torno de 20 minutos. Conforme com o último Boletim Epidemiológico, Santarém possui 10 casos confirmados de Covid-19, com 1 óbitos, 32 exames negativos e outros 22 em análise.
De acordo com Dayane Lima, titular da Semsa, os testes são feitos apenas após o sétimo dia do início dos sintomas de síndrome respiratória, como tosse, dificuldade para respirar, congestão nasal e dor de garganta.
“Para detectar a presença de anticorpos (IgG e IgM), que são defesas produzidas pelo corpo humano contra o vírus SARS-CoV-2, que causa a Covid-19”, ressaltou a secretária.
Segundo o Ministério da Saúde, o chamado ‘teste rápido’ é um teste qualitativo para triagem e auxílio do diagnóstico. “Portanto, o teste deve ser usado como uma ferramenta para auxílio no diagnóstico do Covid-19. Resultados negativos não excluem a infecção por SARS CoV 2”, ressalta Dayane. “E sendo positivo faremos a contraprova no Lacen”, acrescentou.
A população não deve ir às unidades de saúde solicitar a realização dos testes rápidos. “É importante que se faça destaque a essa informação: os testes rápidos são para os profissionais dos serviços de saúde e pacientes que estejam com sintomas gripais”, explicou Dayane Lima.
O prefeito Nélio Aguiar lembra que, segundo o Ministério da Saúde, o mês de abril é muito importante para conter o avanço da Covid-19. Ele pede compreensão e ajuda da população para o cumprimento das medidas de prevenção ao avanço da doença.
“Os testes rápidos são uma ajuda bem-vinda que adquirimos, mas o isolamento social, o distanciamento, a proteção aos grupos de risco, as medidas de higiene pessoal e etiqueta respiratória, são essenciais para evitar contágio e disseminação da doença. 
Vamos estar atentos às medidas e seguir as orientações. Juntos vamos vencer esse momento difícil”, frisou o prefeito.
Santarém foi o primeiro município do Oeste do Pará a adotar uma série de medidas preventivas à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). No entanto, o isolamento social é a melhor prevenção e as medidas só surtirão efeito se a população se conscientizar e colaborar. Fique em casa.
A medida de prevenção à Covid-19 do Ministério da Justiça, em Portaria do dia 17 de março, dá autoridade aos profissionais da saúde, em caso de descumprimento das orientações, quanto a questão dos isolamentos, pedir auxílio da força policial para o cumprimento das medidas, sem comunicação prévia à pessoa afetada. A Portaria prevê de 15 dias a dois anos de detenção e multa para quem não cumprir a quarentena.
Casos confirmados do novo Coronavírus serão comunicados de imediato e primeiramente pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).
G1 Santarém

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS