ITAITUBA

CIOp utiliza novo sistema de comunicação e oferece melhor atendimento à população

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


O Centro Integrado de Operações (CIOp), vinculado à Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), está em processo de modernização, com a implantação do Sinesp-Cad, que é o controle de atendimento e despacho de ocorrência de urgência e emergência, disponibilizado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp/MJ); além do sistema de comunicação via rádio. A mudança já está em execução por meio do projeto ‘Falando por Todo o Pará’. O objetivo é interligar a comunicação dos agentes de segurança pública do Estado e, com isso, gerar um atendimento mais rápido e eficiente para os cidadãos que buscam os serviços.

A novas ferramentas garantem um melhor atendimento de urgência e emergência por meio dos canais do CIOp 190 e do Corpo de Bombeiros 193. A implantação da tecnologia disponibilizada pela Senasp/MJ proporcionará uma economia de quase um milhão de reais por ano aos cofres do Estado. As ações do projeto ‘Falando por Todo o Pará’ são desenvolvidas pela Diretoria de Tecnologia da Informação e Telecomunicações (Ditel).

Na prática, quando uma pessoa ligar para o 190 ou 193, de qualquer lugar do Pará, a chamada automaticamente é direcionada para a central telefônica Asterisk instalada no CIOp, em Belém, e encaminhada, automaticamente, para o Núcleo Integrado de Operações (NIOp) ou para as Centrais de Atendimentos de Despachos (Cads) mais próximas do local da ocorrência, para assim, as viaturas da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros ou do órgão de segurança mais próximo possam ser acionados para atender ao chamado. Poderá ocorrer, também, em situações onde as linhas telefônicas estiverem ocupadas, de um segundo atendente, localizado em outra cidade, receber a ligação, fazer o registro e repassar as informações para o local de origem da ocorrência. Desta forma, haverá o aumento no número de atendimentos e a agilidade para a ação.

“Mais uma vez a segurança pública demonstra a sua base de atuação nos três ‘Is’. O ‘I’ da integração, integrando todas as bases, os órgãos do sistema de segurança pública, fazendo com que todo o Pará também esteja integrado. Não só os órgãos de segurança pública estarão falando entre si, mas a população também terá uma integração maior com esses órgãos através do 190, da Polícia Militar, do 193, do Corpo de Bombeiros, e 181, para que a gente consiga, de ponto a ponto deste Estado, garantir a comunicação via rádio das forças policias e que a população tenha acesso aos serviços de urgência e emergência” – Ualame Machado, secretário de Segurança Pública e Defesa Social.

“Também temos o outro ‘I’ da inteligência, a utilização da inteligência artificial a nosso favor, por meio dos Centros de Atendimento Despacho que estamos disponibilizando em todo o Pará. Serão mais de 30 CADs até o final do ano de 2021 implantados. Hoje, nós temos apenas nove centros no Ciop e oito Niops no interior, culminando tudo isso no ‘I’ de investimentos aplicados para melhor servir à população”, explicou o titular da Segup.

Inicialmente, estarão integradas, até o final de dezembro, o CIOp, NIOp e Cads presentes na Região Metropolitana de Belém e a região do Guamá, que reúne as cidades de Bujaru, Castanhal, Colares, Concórdia do Pará, Curuçá, Igarapé-Açu, Inhangapi, Irituia, Magalhães Barata, Maracanã, Marapanim, Santa Izabel do Pará, Santa Maria do Pará, Santo Antônio do Tauá, São Caetano de Odivelas, São Domingos do Capim, São Francisco do Pará, São João da Ponta, São Miguel do Guamá, Terra Alta, Tomé-Açu e Vigia, além de Capanema, Salinópolis e Bragança. Até o final de 2021, todo o Pará estará conectado. 

“O projeto Falando Por Todo garantirá ao CIOp ser um elo mais eficaz entre a sociedade e os órgãos de segurança pública. Hoje, os serviços são acionados por meio da chamada convencional no número 190 ou pela detecção de alguma situação de furto, roubo, acidente, por exemplo, nas câmeras de videomonitoramento. Com o projeto, estaremos ampliando a comunicação, aproximando mais as instituições da população e atender com mais rapidez as ocorrências”, detalhou o diretor do CIOp, coronel Francisco Nóbrega. 

Rádio Comunicação – A interligação do sistema de rádio também será 100% concretizada por todo o Pará com a utilização do protocolo APCO 25, destinada apenas as Forças Armadas, órgãos de defesa nacional e as instituições de segurança que garante a proteção das mensagens por serem criptografadas. O protocolo foi estabelecido após o atentado nas torres gêmeas, nos Estados Unidos. Até então, não existia um protocolo de comunicação único em diferentes fabricantes e de uso exclusivo para as forças de segurança pública.

Na RMB, os rádios já são interligados e digitais. Para a fase inicial do projeto, mais de 1.600 rádios já foram adquiridos e já estão sendo utilizados no sistema de comunicação. Com essas aquisições será possível ampliar a cobertura de comunicação para os agentes de cada força.

“O Estado já havia adquirido 600 rádios, porém, em razão do período da pandemia, o início do projeto teve que ser interrompido. Em agosto, retornamos com as atividades e, com a chegada dos novos rádios, juntamente com o convênio firmado com a Prodepa, Empresa de Processamento de Dados do Pará, que disponibilizará as torres de Telecomunicações, poderemos estender as sedes de comunicação para além da Região Metropolitana. Na primeira fase, as regiões Norte e Nordeste do Estado serão contempladas, com isso já conseguiremos atingir uma maior operacionalidade nas nossas ações policiais”, afirmou o coronel Odiney Nogueira, titular da Ditel.    

Pioneiro – O CIOp Pará foi pioneiro no Brasil em integrar no mesmo espaço físico diferentes instituições da segurança pública, com o objetivo de agilizar os atendimentos e as ações entre as forças de segurança do estado. Foi fundado em 1998 e serviu de modelo para diversos estados a adotarem o mesmo sistema de integração.

Fonte: Governo PA

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS