ITAITUBA

Com eficiência e intensidade, Cruzeiro derrota Brasil de Pelotas por 4 a 1

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Demonstrando um futebol eficiente, seguro e de muita intensidade, o Cruzeiro dominou completamente o Brasil, de Pelotas-RS, e goleou o adversário por 4 x 1, na noite de sábado, no Mineirão, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Rafael Sobis, duas vezes, Arthur Caíke e Jarro (contra) marcaram os gols da Raposa, que volta a campo contra o CRB, na noite da próxima terça-feira, às 21h30, no estádio Rei Pelé, em Maceió-AL.

O jogo

Com um bom posicionamento e toque de bola, o Cruzeiro começou muito bem a partida e chegou com perigo ao ataque logo aos 4 minutos, em um cruzamento de Airton para Rafael Sobis, que o zagueiro Leandro Camilo se antecipou e consegui cortar.

Aos 11 minutos, Rafael Sobis cruzou para a área, Arthur Caíke apareceu de surpresa atrás da marcação e inaugurou om placar. Cruzeiro 1 x 0.

Dois minutos depois, em lance bastante parecido com o anterior, Filipe Machado cobrou falta, Jarro tentou cortar e marcou contra. Cruzeiro bonito na frente, 2 x 0.

Mesmo com o placar bem favorável a equipe celeste seguiu buscando o ataque, enquanto o time gaúcho apostava nos contragolpes e deu trabalho a Fábio em um chute de Matheuzinho, de fora da área, que o goleiro da Raposa segurou firme.

Mas aos 27, Jarro tocou para Bruno José, que chutou cruzado, dentro da área, à direita de Fábio, diminuindo o placar. Cruzeiro 2 x 1.

Animado com o gol, o Brasil se arriscou um pouco mais no ataque, mas não o suficiente para superar a marcação da Raposa, que fez o terceiro de pênalti, aos 48 minutos, através de Rafael Sobis, após Arthur Caíke ter sido derrubado dentro da área por Heverton. Cruzeiro 3 x 1.

Segundo tempo

O domínio cinco estrelas se manteve na etapa final e o quarto gol quase surgiu aos 10 minutos, em chute de Jadsom Silva, que Rafael Martins colocou para escanteio.

Com o domínio total das ações, o Cruzeiro trocava passes e valorizava mais a posse da bola, enquanto o adversário, sem conseguir se impor, se limitava a marcar, tentando evitar uma derrota mais dilatada.

Aos 29, Rafael Sobis interceptou passe do adversário no campo de defesa e, antes do meio-campo, acertou um chute preciso, encobrindo o goleiro Rafael Martins. Um golaço do atacante, que marcou o quarto gol desde que retornou ao time e deu números finais à partida. Cruzeiro 4 x 1.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS