ITAITUBA

Congestionamento de carretas chega ao terceiro dia causando transtorno no tráfego de veículos em Miritituba (PA)

Fileiras de carretas na via. Foto: Reprodução.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Por falta de logística adequada, congestionamento de carretas que transportam mercadorias (soja etc.) para as instalações portuárias de estações de transbordos de cargas do distrito de Miritituba (PA) chega ao terceiro dia promovendo transtornos no trânsito da BR-230.

As cenas desagradáveis têm sido registradas por passageiros e motoristas que, com muita dificuldade, trafegam pela via. No primeiro vídeo abaixo, uma pessoa narra o drama vivenciado por profissionais da saúde, que retiram o paciente de dentro da ambulância e transportam-no sobre a maca em meio ao engarrafamento.

“Olha aí, pessoal, a ambulância não conseguiu passar devido à fila de caminhões Estão colocando o paciente no chão e levando até conseguir socorro do outro lado”, disse uma pessoa anônima.

Assista aos vídeos:

Leia também: Congestionamento de carretas deixa trânsito transtornado no distrito de Miritituba (PA).

As causas

Ultimamente, o número de carretas que fazem o transporte de grãos aumentou, o que, segundo caminhoneiros, tem-se tornado antagônico à deficiente logística de transporte desde o Mato Grosso até os portos de Miritituba (PA).

O distrito dispõe apenas de 4 postos de triagem, local por onde passam os veículos carregados para que seja feito o transbordo de cargas nos portos. Ao fazer o descarregamento, elas retornam por apenas uma via – a Transportuária. Quando chegam à Rodovia Transamazônica, elas se deparam com outras carretas as quais vêm carregadas. Por conta disso, gera o congestionamento.

“É o crescimento desordenado. A BR foi feita por um tipo de logística que não está suportando tantas carretas na via. Aqui é mais de mil carretas diariamente nessa via. O Governo Federal tem que tomar providência. Nós temos uma BR que não está suportando. Hoje, a Transamazônica e a Santarém-cuiabá são consideradas rodovias da morte por conta do trânsito muito intenso. Precisamos asfaltar a Transportuária […]”, disse o Subprefeito de Miritituba Ezequias Lima.

Esforço da Polícia Militar na tentativa de amenizar o problema de tráfego

Na manhã desta sexta-feira (12), a Polícia Militar se dirigiu para o Distrito de Campo Verde (km 30) na tentativa de normalizar o tráfego de veículos.

De acordo com informações repassadas, os policiais interditaram a rodovia para a passagem de carretas até que volte a normalização do tráfego de tais veículos, os quais, de certo modo, estão bloqueando a passagem de outros automóveis.

“… Já foi duas viaturas para esse setor para ver se consegue melhorar… A gente conseguiu mandar duas equipes. Vamos ver se melhora”, disse um policial.

“… O major está atravessando com mais duas viaturas para até aguardar a Polícia Rodoviária Federal. Mas, enquanto isso, a gente já toma providência”, destacou outro policial.

Fonte: Plantão 24horas News com informações complementares do Repórter Mauro Torres, da TV Tapajoara (sbt).

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS