ITAITUBA

Coordenação de Endemias chama a atenção para a prevenção da dengue no município de Itaituba (PA)

Mosquito-da-dengue - ilustração. Foto: Reprodução.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Com a chegada do período chuvoso, momento propício para a proliferação do mosquito Aedes aegypti, o Coordenador de Endemias de Itaituba, Eulison Braga, em entrevista à imprensa, volta a chamar a atenção dos moradores quanto aos cuidados com a dengue.

Eulison Braga afirma que ultimamente têm sido registrados alguns casos da doença no município. Isso tem gerado preocupação para coordenação de endemias.

“A gente está tendo caso de dengue. Temos registrado. E a gente volta a pedir ajuda dos moradores que, em caso de chuva, evite jogar o lixo em qualquer local, verificar se a caixa d’água está bem tampada, ver se as calhas estão desentupidas”

Para mais, destaca que, por meio de ação para combater a doença em bairros do município, os agentes de endemias têm encontrado vários focos de mosquito.

“… A gente tá encontrando muito foco e muitas pessoas não estão se atentando a isso. Então, a melhor maneira de evitar dengue é deixar os quintas das casas limpos

Por conta disso, Eulison pede que a população limpe seu quintal, visto que o trabalho dos agentes é voltado para a educação e saúde.

“… O trabalho do agente é voltado para educação e saúde. A limpeza da casa, do terreno é de responsabilidade do proprietário, não é do agente […].”

Por fim, o coordenador pede que as pessoas fiquem atentas aos sintomas da doença e tomem os cuidados necessários para evitar complicações sérias no quadro de saúde.

“… Sintomas: febre, dor no corpo, dor de cabeça, dor no fundo dos olhos e, no final, aparece manchinhas vermelhas. Então, em caso de suspeito, há aquelas pessoas que confudem dengue com COVID. Então, a orientação é procurar o posto de saúde… Tem quatro medicações que não podem ser tomadas e não se automedique”, finalizou.

Fonte: Plantão 24horas News.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo