ITAITUBA

Coordenador Geral do Sintepp pede para que as aulas mantenham-se suspensas no mês de junho, em Itaituba

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


O Coordenador Geral do Sintepp, Elias Rodrigues, com o objetivo de resguardar os profissionais da educação, disse que há um pedido ao Gestor Municipal, para que se mantenham suspensas as aulas no mês de junho. Todo pedido é pensado como uma forma de resguardar a saúde dos profissionais da educação. 
De acordo com Elias, o sindicato é contra o retorno às aulas no mês de junho, até porque o próprio senado deliberou que as aulas presenciais retornem apenas no mês agosto. Dessa forma, o sindicato solicitou a SEMED e ao prefeito, para que continue o afastamento e o isolamento pelo mês de junho.
Em relação ao retorno dos trabalhadores temporários à folha de pagamento, o Coordenador pede para que eles sejam incluídos na folha de pagamento, porque, segundo Elias, “é no mínimo contraditório o decreto solicitar o afastamento social, e, de repente, os funcionários temporários da prefeitura, especialmente os professores, fiquem fora da folha de pagamento”, contestou o Coordenador.
Para Elias Rodrigues, não há sentido a SEMED permanecer aberta parcialmente, até porque há casos comprovados de pessoas que tiveram Covid-19, e, segundo o Coordenador, há um “descompasso entre o que o decreto diz e o que o secretário delibera para seus internos da semed”, declarou Elias Rodrigues.
Plantão 24horas News, com informações da repórter Yngridy Barreto

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo