ITAITUBA

Coronavírus: veja alguns cuidados importantes com a higienização e o adequado uso de máscaras de proteção em combate à Covid-19

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Apesar de ainda estar em investigação as diversas formas de transmissão do coronavirus, sabe-se que o vírus é altamente contagioso, sendo transmitido rapidamente de pessoa para pessoa. A transmissão costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas como: gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro; contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão; contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Diante disso, existem algumas medidas importantes que devem ser utilizadas como forma de prevenção. A lavagem frequente das mãos é a principal recomendação para se prevenir. Higienizar as mãos com água e sabão de forma a esfregar os espaços entre os dedos, o dorso e cavidades das dobras dos dedos e unhas. Nesses lugares, a atenção deve ser rigorosa, pois as bactérias podem se alojar.

De acordo com o Ministério da Saúde, o uso do álcool em gel tem sido recomendado como medidas preventivas em combate ao vírus. No entanto, não deve substituir a lavagem das mãos e deve ser utilizado como uma segunda opção das medidas preventivas.


Uso de máscaras de proteção 
Outra medida importante e recomendada pelo Ministério da Saúde é o uso de máscaras de proteção, no entanto existem algumas recomendações para que seja garantida a proteção ao utilizá -las : antes do uso deve-se higienizar as mãos com água  e sabão ou com álcool em gel, bem como verificar se ela está bem ajustada no rosto, cobrindo boca e nariz. Em caso de desconforto, evitar colocar as mãos sujas no rosto para ajustá-la.
As máscaras cirúrgicas devem ser trocadas quando apresentarem umidade. Algumas a mais recomendações são necessárias: é importante que não use a mesma máscara  por mais de duas horas; para retirar, use os elásticos e nunca coloque a mão na parte interna da máscara;  lave as mãos após a remoção do acessório; as máscaras de tecidos devem ser trocadas a cada duas horas, e devem ser levadas com água e sabão. 
O Ministério da Saúde orienta sobre a confecção de máscaras caseiras. De acordo com o Ministério, para ser eficiente, é  preciso que a máscara tenha pelo menos duas camadas de pano ou seja dupla face. E mais uma informação importante: ela é individual. Não pode ser dividida com ninguém. As máscaras caseiras podem ser feitas em tecido de algodão, tricoline, TNT ou outros tecidos, desde que desenhadas e higienizadas corretamente. O importante é que a máscara seja feita nas medidas corretas cobrindo totalmente a boca e nariz e que estejam bem ajustadas ao rosto, sem deixar espaços nas laterais .
Plantão 24horas News

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS