ITAITUBA

Cosanpa vai contratar empresa para revitalizar rede

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


A Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) revitalizará a rede de abastecimento de água em 21 bairros de Belém. O projeto custará R$ 229 milhões e pretende resolver problemas como vazamentos, falta de pressão e o gasto das tubulações. Serão beneficiadas 210 mil unidades consumidoras, totalizando mais de um milhão de pessoas.
Para resolver entraves como a captação de recursos e agilidade na projeção e execução da obra, a companhia decidiu, pela primeira vez, licitar pelo modelo de locação de ativos, em que a iniciativa privada será a responsável por todos os custos e execução da obra. Após a entrega, a Cosanpa começará a pagar o valor dos investimentos mensalmente.
Presidente da Cosanpa, Luciano Dias nega que o modelo de locação de ativos signifique a privatização dos serviços da Cosanpa. “É uma modalidade de negócio novo no mercado que se aplica no saneamento em outros lugares como na Sabesp [Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo]”, explica.
Esse tipo de modalidade foi decidido após avaliação de uma empresa de consultoria, que apontou esta como a melhor forma de realizar a obra que requer um alto investimento para a Cosanpa. O início da obra, após os trâmites de licitação e contratação, estão previstos para abril de 2016.
Espera – Nos bairros que receberão as obras, a população está descrente em qualquer melhoria nos serviços oferecidos pela Cosanpa.
Moradora Marco há mais de vinte anos, a aposentada Deusa Duarte, de 58 anos, já cansou de reclamar da água suja que recebe em suas torneiras. “Faz tanto tempo que é assim e ouvimos tanto falar que vai ser diferente. Não sei, prefiro ver para crer”, diz ela.

Fonte: Plantão 24horas – News / Portal ORM

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo