ITAITUBA

Custodiadas do CRF entregam presentes de Natal para filhos e netos

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Interna do CRF entrega à filha brinquedo comprado com os recursos da venda das árvores de Natal confeccionadas pelas custodiadasMães e avós custodiadas no Centro de Reeducação Feminino (CRF), de Ananindeua, garantiram o presente de natal dos seus filhos e netos, entregando cerca de 70 brinquedos para as crianças na visita familiar desta semana. Elas produziram e venderam árvores de Natal em tecidos, fabricados na Cooperativa Social de Trabalho Arte Feminina Empreendedora (Coostafe), desenvolvida pela Secretaria de Administração Penitenciária (Seap).

Trinta reeducandas estiveram envolvidas na ação. Segundo a diretora do CRF, Érica Sousa, o momento entre as internas, seus filhos e netos foram de extrema importância para fortalecer os laços familiares.

“As mulheres privadas de liberdade que trabalharam no projeto da confecção de árvores tinham como principal objetivo a compra dos presentes, com as vendas dos produtos. Então essa entrega foi a finalização desse projeto de amor que resultou no estreitamento de laços entre custodiadas e seus filhos”, afirmou a diretora do CRF.

Os momentos de carinho entre as mães, avós e as crianças contribuem para fortalecer os laços familiares, ressaltou a direção do Centro “Estou muito feliz porque eu pude ver a minha filha na visita das crianças, tive oportunidade também de dar um presente para ela e abraçar. Eu queria agradecer porque depois de três anos eu tive a oportunidade de dar um presente fruto do meu próprio suor e eu sou muito grata por isso”, enfatizou a interna Gleiciane Neves. 

“Esse momento é o principal resultado da ação de Natal, que teve o intuito de vender os produtos da linha natalina aqui produzidos, para que essas mães e avós pudessem entregar presentes aos que amam como demonstração do amor, afeto e carinho, fortalecendo laços que são importantíssimos na superação desse momento de privação de liberdade”, ressalta o diretor de Reinserção Social, Belchior Machado. 

Solidariedade – No dia 17 de novembro, as crianças em tratamento do Hospital Oncológico Infantil Lobo, no bairro de São Brás, em Belém, também, foram agraciadas com a doação das árvores de Natal, confeccionadas pelas internas.

Como o trabalho de fabricação das árvores de pelúcia foi reconhecido até mesmo em outros estados do Brasil, inúmeras peças foram adquiridas por pessoas anônimas e também tiveram como destino a doação. Além do retorno financeiro e da ressocialização, o trabalho também ajudou a família das internas.

Fonte: Governo PA

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS