ITAITUBA

Decreto Executivo poderá facultar uso de capacete por usuários do serviço de mototaxi, em Itaituba

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Essa não é a primeira vez que um decreto municipal gera polêmica, principalmente quando se trata de uma lei do município que se sobrepõe a uma lei federal. Mas, em casos extremos, são permitidas certas decisões, especialmente quando essas decisões são por uma causa de defesa social. É o que está acontecendo com um decreto articulado pelo prefeito Valmir Climaco em relação ao serviço de transporte de passageiros via mototaxi. O decreto, que sequer foi publicado, determina como facultativo o uso do capacete pelo passageiro e tão somente pelo passageiro do mototaxi.

“Nós temos que entender que estamos em um momento de pandemia; e tudo a responsabilidade se divide entre a União, os estados e os municípios, mas a maior responsabilidade é dos gestores municipais. Somos nós quem custeamos a manutenção de um hospital municipal e outras unidades de saúde. Então, tudo o que nós, prefeitos, pudermos fazer pra evitar a propagação do vírus é justificável. Além disso, não estamos aqui proibindo o uso do capacete, mas facultando. Então, o passageiro que quiser usar o capacete usa; quem não quiser, temporariamente, está autorizado a recusar o capacete”, esclarece o prefeito.

VEJA O VIDEO NA ÍNTEGRA:

Não demorou muito e o assunto já começou a dominar as redes sociais. Mas não se pode dizer que foi uma ação isolada, até porque Valmir Climaco não é o primeiro prefeito a tomar este tipo de decisão. Em 17 de Março, a cidade de Farias Brito, no Ceará, foi a primeira a receber a decisão do executivo municipal permitindo o não uso do capacete por passageiros. Já em 20 de Março, foi a vez de Guarabira, na Paraíba, seguida de Araripina, no Pernambuco, terem os seus decretos municipais publicados, facultando o uso do capacete. Em 23 de Março, foi a vez de Paulo Afonso, na Bahia, onde o prefeito decretou e esclareceu à população que a medida era parte do programa de enfrentamento ao Covid-19, para evitar a propagação da doença. 

Já em Itaituba, o prefeito Valmir Climaco esclarece que o uso do capacete é facultado ao passageiro. Já o condutor da moto é obrigado a usar o capacete, até porque o dele é de uso individual.
Portal Mauro Torres


COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo