ITAITUBA

É Preso dois acusados de matar advogado paraense em Manaus

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


A Polícia Civil do Amazonas prendeu ontem dois homens acusados de serem os autores da morte do advogado paraense Jakson Souza e Silva, que era presidente da subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em Parauapebas. Ele foi morto a bala, no dia 24 de janeiro deste ano, no bairro Redenção, Zona Centro-Oeste de Manaus. Os presos foram identificados como Mauro César Machado Albano, de apelido “Frexeca”, e Wellington da Silva Correia, de apelido “Bou”.
Vitima do crime
Os dois estão com mandados de prisão preventiva decretados pela Justiça do Amazonas. As investigações apontaram que o advogado foi morto em decorrência de latrocínio (roubo seguido de morte). À época do crime, testemunhas relataram que o advogado foi abordado por dois homens em uma motocicleta, enquanto andava pela rua. Um deles disparou um tiro no abdômen de Jakson, que chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.
Fonte: policiacivil.pa.gov.br

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo