ITAITUBA

Em atuação brilhante, Santos vence e elimina o Grêmio da Libertadores

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


A Vila Belmiro tem algo mágico em seu gramado, e sempre em momentos importantes, surge um menino para brilhar e alavancar o Glorioso Alvinegro Praiano. E na noite desta quarta-feira (16), foi a vez de Kaio Jorge, de 18 anos, decidir a favor do time santista. Ele marcou dois na vitória por 4 a 1 diante do Grêmio na Vila Belmiro. Marinho, com um golaço, e Laércio completaram o marcador que deu a vaga para o Santos nas semifinais da Conmebol Libertadores de 2020.

O Peixe está mais uma vez entre as quatro melhores equipes das Américas. Será a 9ª vez em que o time santista irá disputar a fase semifinal da Libertadores. Nas quatro primeiras edições que disputou (1962-1963-1964-1965), o Santos já mostrou toda sua força e esteve presente nas semifinais. Além das participações na década de 1960, o Alvinegro jogou as semifinais em 2003, 2007, 2011 e 2012.

As semifinais serão disputadas apenas na segunda semana de janeiro e o Peixe aguarda seu adversário, que virá do confronto entre os argentinos Boca Juniors e Racing.

A próxima partida do Alvinegro será pelo Campeonato Brasileiro, no próximo domingo (20), diante do Vasco da Gama as 16h00, em São Januário.

O jogo

Em tese, o Grêmio teria que correr atrás do marcador. O Peixe tinha a vantagem de se classificar com um empate em 0 a 0, mas, o Alvinegro Praiano tratou de honrar o tradicional DNA ofensivo nos segundos inicias da partida. O time gaúcho deu a saída, e o jogador Jean Pyerre falhou ao tentar recuar a bola. Em velocidade, Kaio Jorge roubou, avançou para a área, driblou Vanderlei e abriu o placar o time santista, aos 11 segundos de jogo. O Menino da Vila marcou o seu 6º gol como profissional, sendo o 4º na Taça Libertadores. O gol do camisa 9 entrou para a lista dos gols mais rápidos da competição, ficando na 5ª colocação. Em relação a gols dos times brasileiros, Kaio Jorge colocou o Peixe no topo da lista.

Aos 2 minutos, quase o Santos marca o segundo. Marinho arranca na entrada da área, bate forte e Vanderlei espalma. Na sequência, a zaga gremista afasta.

Três minutos depois, Jean Pyerre bateu firme, e John defendeu com muita segurança.

O Peixe começou elétrico e afim de garantir a classificação logo na primeira etapa, e aos 15 minutos, Marinho tratou de deixar o objetivo do time santista mais perto. Em uma aula de contra-ataque, Sandry lançou para Lucas Braga, e lembrando os bons tempos dos pontas-esquerdas, o atacante do Alvinegro foi em alta velocidade até chegar próximo da área, e fez um lindo cruzamento para Marinho. O camisa 11 pegou de primeira e com muita força, colocando a bola no alto sem chances para o goleiro gremista. Ele também marca o seu 4º na Libertadores, e o 21º primeiro no ano.

Marinho comemorou com uma super cambalhota! (Foto: Ivan Storti / Santos FC)

Aos 26 minutos, mais uma vez o Santos chegou com perigo. Kaio Jorge recebeu cruzamento na área e foi travado pela zaga adversária, na sobra, Jobson chutou por cima.

E o Alvinegro não parou. Dois minutos depois, Lucas Veríssimo cabeceou livre dentro da área, e por muito pouco não marcou o terceiro.

Aos 32 minutos, Pepê bateu na entrada da área e John fez uma linda defesa, colocando a bola para escanteio.

A primeira etapa terminou com uma grande atuação do Santos, não deixando o time gaúcho respirar na partida.

O Peixe voltou para o segundo tempo da mesma forma, com muito mais entusiamo e intensidade para garantir a classificação.

Aos 8 minutos, Sandry arriscou e Vanderlei defendeu. Segundos depois, mais uma vez brilhou o menino da camisa 9. Marinho cruza, Madson desvia de leve e Kaio Jorge marca o segundo dele no jogo, o quinto na Taça Libertadores. Ele se isola na artilharia santista na competição, e alcança a vice-artilharia no geral.

Em cobrança de falta de David Braz, John realizou uma espetacular defesa, e mandou a bola para escanteio. Três minutos depois, o Grêmio marcou o seu gol de honra, através de Tachiano.

O técnico Cuca colocou o zagueiro Laércio para dar mais consistência na zaga, mas, o defensor fez melhor, e ampliou o placar para o Santos. Aos 38 minutos, logo após o gol do time gaúcho, ele aproveitou cruzamento de Jean Mota, e marcou o 4º gol do Alvinegro na noite.

O zagueiro marcou seu primeiro gol pelo Peixe! (Foto: Ivan Storti / Santos FC)

Diferente da primeira partida disputada em Porto Alegre, em que o Santos jogou melhor na primeira etapa, dessa vez, o Alvinegro jogou melhor nos dois tempos, e não deu chance alguma para o Grêmio.

Além de Kaio Jorge, os meninos Sandry e John, que também ganharam mais espaço nessa temporada, realizaram uma partida impecável, e pareciam veteranos jogando um mata-mata de Libertadores. O

Sob o comando do técnico Cuca, toda a equipe promoveu um grande espetáculo na noite de 16 de dezembro de 2020, horando toda a história e tradição do Alvinegro da Vila Belmiro. O Santos FC avança para jogar a sua 9ª semifinal e vai em busca do seu 4º título na maior competição das Américas, para se tornar isoladamente, o time brasileiro com mais conquistas na Conmebol Libertadores.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS