ITAITUBA

Em Belém, obra de substituição de redes está acelerada com 60% das tubulações implantadas

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Cerca de 180 Km de novas redes estão sendo implantados por meio do Método Não-destrutivo (MND) em mais de 20 bairros de Belém. Atualmente, a Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) já implantou 110 Km, o que representa 61% do total das redes previstas, e também, instalou mais de 700 novos ramais e hidrômetros na capital paraense.

As obras, que estão trocando a rede de cimento amianto por Polietileno de Alta Densidade (PEAD), material mais resistente e eficiente, seguem em ritmo acelerado. O objetivo é melhorar o funcionamento do sistema de abastecimento e, também, a qualidade da distribuição da água à população.

“Nesse mês, estamos trabalhando com a implantação de redes na área do 8º Setor de abastecimento, que contempla os bairros Cremação, Jurunas e Batista Campos. Já na etapa de interligações de redes, estamos com frentes de trabalho nas áreas do 6º e 9º Setores, que incluem os bairros Pedreira, Telégrafo, Sacramenta, Marco, São Brás, Fátima, Canudos e partes do Barreiro”, explicou a engenheira da Cosanpa responsável pela obra, Tatiana Costa.

As etapas da obra preveem desde a escavação para implantação da rede; execução das soldas de eletrofusão para conectar os trechos implantados; e as interligações das redes. Após esse processo é feita a recomposição definitiva dos pontos.

Para executar a fase de interligações, em alguns casos, é necessária a interrupção do abastecimento porque são redes de diâmetro muito grande. Nessas situações, esses serviços estão ocorrendo no período noturno para causar o menor transtorno possível aos moradores da área. 

Na próxima segunda-feira (14), está programada a interligação de rede na área do 6º Setor, os bairros de São Brás, Fátima, Canudos e parte do Marco e Pedreira ficarão com abastecimento suspenso de 22h às 5h.

Já nos dias 15, 17, 21 e 22 de dezembro, serão executadas as interligações do 9º setor, por esse motivo, será necessário interromper o fornecimento de água nos bairros Pedreira, Telégrafo, Sacramenta e parte do Marco e Barreiro, também no horário de 22h às 5h.

Após a implantação da rede e interligação será realizada a setorização do abastecimento, um processo que ampliará o serviço à população, com a diminuição de perdas. Ou seja, quando for necessário retirar um vazamento, por exemplo, não será mais preciso interromper o abastecimento de água em vários bairros, pois será possível isolar apenas a área abastecida por aquela rede danificada e fazer o reparo.

A obra de substituição de redes teve início no segundo semestre de 2019, um investimento de R$ 250 milhões que vai beneficiar mais de 800 mil habitantes da capital. A previsão de conclusão total da obra é para 2021.

Fonte: Governo PA

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS