ITAITUBA

Em evento para prefeitos eleitos, Governo do Pará firma protocolos para aquisição de vacinas contra Covid-19

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


O governador Helder Barbalho mostra os documentos assinados, ao lado do secretário de Saúde Pública, Rômulo RodovalhoO governador Helder Barbalho participou, na noite desta quinta-feira (10), da solenidade de abertura do Seminário Novos Gestores 2021, no Theatro da Paz, em Belém. Voltado à capacitação de prefeitos eleitos e reeleitos, o evento contou com a presença de representantes de órgãos de controle e dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. Na solenidade de abertura do evento, o governador deu mais um importante passo no combate à Covid-19 em território paraense, ao assinar dois protocolos de intenção com o Instituto Butantan e a aliança mundial Covax Facility para aquisição de vacinas contra o novo coronavírus.A solenidade de abertura do Seminário ocorreu no Theatro da Paz

Promovido pelo Governo do Estado e a Federação das Associações de Municípios do Estado do Pará (Famep), o Seminário Novos Gestores 2021 visa compartilhar com os gestores municipais estratégias de desenvolvimento em diversas áreas de atuação, como segurança pública, desenvolvimento econômico e sustentável das cidades, assistência social, educação, cidadania e saúde.

Em seu pronunciamento, o governador Helder Barbalho destacou a importância do municipalismo na resolução de conflitos comuns e no desenvolvimento socioeconômico das cidades, destacando a importância da harmonia institucional entre Estado e municípios. “Estamos absolutamente à disposição de vocês por estes três dias de evento, e também pelos próximos dois anos, para entregarmos um município melhor e um Estado mais justo”, afirmou.A assinatura dos protocolos marcou mais um importante passo no combate à Covid-19 no Pará

O chefe do Executivo estadual compartilhou com os gestores municipais a estratégia de combate ao novo coronavírus, causador da Covid-19, abordando o processo de imunização após a aquisição de vacinas. Helder Barbalho afirmou que o Estado só vai adquirir vacinas registradas e liberadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). “Fizemos questão de deixar para este momento a assinatura dos protocolos com intenção de compras das vacinas por ter absoluta responsabilidade que o gestor público deve trabalhar com planejamento. Trabalhamos esperando e crendo que o governo federal haverá de liderar o Plano Nacional de Imunização. Porém, caso o governo federal não ofereça a vacinação ao tempo da urgência necessária, o Governo do Pará está com recursos assegurados para aquisição das vacinas para os paraenses”, garantiu.O governador Helder Barbalho ressaltou a responsabilidade do gestor público em trabalhar com planejamento

Grupos específicos – De acordo com o governador, dentro da estratégia estadual, a imunização será iniciada por grupos específicos, inicialmente, sendo destinadas 140 mil doses para profissionais da saúde; 50 mil doses para populações quilombolas e indígenas; 550 mil para pessoas acima de 60 anos e 25 mil doses para profissionais da área de segurança pública, que desenvolvem ações de alta exposição ao contágio.O Seminário Novos Gestores 2021 visa compartilhar com os gestores municipais estratégias de desenvolvimento

“Caso realmente aconteça, precisaremos da parceria dos municípios para mobilização da sociedade, logística e armazenamento das vacinas. Isso é uma demonstração de como é importante o que fazemos hoje e, acima de tudo, o quanto é fundamental estarmos unidos em favor do Pará”, reiterou Helder Barbalho.

O presidente da Famep e prefeito de Piçarra, Wagne Machado, ressaltou o compartilhamento de experiências no SeminárioParcerias futuras – O presidente da Famep e prefeito de Piçarra, Wagne Machado, ressaltou que o Seminário é importante para compartilhamento de experiências, informações estratégicas e possibilidades de convênios e parcerias com o governo do Estado. “Os desafios que nos esperam são enormes, mas é possível enfrentar com o apoio dos governos federal e estadual e orientação da Famep. Aqui vamos mostrar para eles as possibilidades de convênios e discutir o crescimento do Pará”, informou.

Segundo o presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, desembargador Leonardo de Noronha Tavares, é importante destacar a harmonia e independência entre os poderes constituídos. “Conclamamos na tarefa da paz e ordem em terras paraenses. Também solicitamos que olhem para os mais necessitados”, acrescentou.

A conselheira Mara Lúcia, eleita para presidir o Tribunal de Contas dos Municípios do Pará (TCM-PA) no biênio 2021-2022, avaliou que o evento é uma oportunidade estratégica para os órgãos de controle oferecerem aos gestores orientações que previnam irregularidades. “Eles devem realizar uma gestão de efetividade e transparência. Temos até um lema: ‘orientar para não punir’. O Tribunal está de portas abertas e tem dialogado com os municípios para auxiliar na transição de governo”, informou.O presidente da Alepa e prefeito eleito de Ananindeua, Daniel Santos, ressaltou a possibilidade de aperfeiçoamento para os gestores municipais

O deputado estadual Daniel Barbosa Santos, presidente da Assembleia Legislativa do Pará (Alepa) e prefeito eleito de Ananindeua (município da Região Metropolitana de Belém), também ressaltou a importância do Seminário para os novos gestores. “É uma chance de se aperfeiçoar e importante para capacitar, garantir conhecimento e fazer aquilo que a sociedade espera de cada um de nós para desenvolver um bom trabalho”, declarou.

Serviço: O Seminário Novos Gestores 2021 continua nesta sexta-feira (11) e no sábado (12), com programação na Estação das Docas.

Fonte: Governo PA

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS