ITAITUBA

Emater entrega kits com EPIs e motores de rabeta em Melgaço, no Marajó

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


A entrega  de sete kits de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e sete motores de rabeta completos a extrativistas beneficiários do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar na Linha de financiamento Pronaf Floresta aconteceu nesta quarta-feira (16), no escritório da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural  do Estado do Pará ( Emater), no município de Melgaço, na Ilha do Marajó.

Segundo o coordenador do escritório da Emater, em Melgaço, Milton Costa, só em 2020 foram internalizadas 20 propostas para financiamento, com a aprovação de 10, sendo que sete delas proporcionaram a aquisição dos motores de rabeta e dos EPIs.

“Esse financiamento é uma política pública que estava há muitos anos parada no município. E nesse ano de 2020, através do Banco da Amazônia, por meio do Pronaf  Floresta, e com projetos elaborados pela Emater Pará conseguimos realizar várias contratações para alavancar o manejo de açaí nativo na região”.

Cada kit de EPIs contém ferramentas como terçado, machado e lima, além de capacete, botas e luvas, que além de facilitar o trabalho do extrativista, são instrumentos e acessórios que garantem maior segurança nas tarefas. O motor de rabeta vai agilizar o deslocamento dos trabalhadores pelos rios e possibilitar que eles levem o produto onde se ofereça melhores preços, explica o extrativista Lídio Gomes, de 59 anos, que quer levar o açaí da localidade do Furo Grande para mais longe.

“Hoje eu já retiro quase mil latas de açaí por safra e esse motor vai me ajudar muito a transportar o açaí pra vender nas feira de Melgaço, e até de Breves, onde eu possa negociar melhores preços”, afirmou o trabalhador Lídio Gomes.

Pronaf Floresta

De acordo com o Banco da Amazônia, o Pronaf Floresta é uma categoria de crédito que visa o financiamento de projetos técnicos referentes a sistemas agroflorestais; exploração extrativista ecologicamente sustentável, plano de manejo e manejo florestal, incluindo-se os custos relativos à implantação e manutenção do empreendimento.

O Programa também financia a recomposição e manutenção de áreas de preservação permanente e área de reserva legal e recuperação de áreas degradadas, para o cumprimento de legislação ambiental; além de enriquecimento de áreas que já apresentam cobertura florestal diversificada, com o plantio de uma ou mais espécie florestal, nativa do bioma.

Fonte: Governo PA

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS