ITAITUBA

Emater implanta Unidade Demonstrativa de mandioca em Nova Ipixuna

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Agricutora familiar experimenta a nova metodologia sob a supervisão do corpo técnico do escritório local da Emater em Nova IpixunaUma Unidade Demonstrativa (UD) para produção de mandioca foi implantada pelo escritório local da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater) no município de Nova Ipixuna, na região sudeste. O objetivo é testar e adaptar novas tecnologias de cultivo, para depois multiplicar para outros produtores da região.

A UD foi implantada na propriedade do assentado Valdemir de Jesus Ferreira, morador do projeto de assentamento P.A Casarão. A ação contou com o apoio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (Semude). 

O objetivo da UD é viabilizar a transferência de tecnologia agrícola entre uma comunidade de produtores rurais. Com a metodologia aplicada, é possível demonstrar os resultados do pacote tecnológico instalado sob a supervisão do corpo técnico do escritório local da Emater em Nova Ipixuna.

O conhecimento obtido através das unidades pode ser multiplicado no contexto proposto, estimulando a participação de outros agricultores a aprimorarem suas estratégias de trabalho e a investirem em inovação.

“Com a UD, os agricultores serão orientados sobre como produzir, melhorar espaçamento e análise, além da correção e adubação de solo, para melhorar a produtividade”, explica o engenheiro agrônomo Genival Reis, chefe local da Emater de Nova Ipixuna. O projeto de assentamento P.A Casarão possui 87 assentados. 

De acordo com o produtor Valdemir de Jesus Ferreira, a UD será um diferencial tanto para ele quanto para produtores locais. “Aqui teremos um exemplo de como produzir e o apoio técnico da Emater foi fundamental para que o projeto da UD fosse implantado na minha propriedade. Vou poder receber produtores de outros locais para transferir conhecimento, tecnologia. Ou seja, o ganho será geral”, afirma. 

A mandioca plantada dentro da UD será colhida daqui a oito meses. Após a colheita, e de posse dos resultados, a Emater avaliará os resultados e apresentará propostas para que outros agricultores da região também implantem o mesmo projeto em suas propriedades. 

“É transferência de tecnologias: a gente tem que mostrar in loco para outros produtores como funciona o passo a passo do projeto e, a partir disso, fortalecer a proposta para que outros produtores possam aderir”, finaliza Genival Reis. 

O escritório local da Emater de Nova Ipixuna pertence ao regional Marabá, que se destaca nas atividades de bovinocultura de leite e corte, criação de pequenos animais, fruticultura, sistemas agroflorestais, culturas anuais, aquicultura, pesca e extrativismo.

Fonte: Governo PA

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS