ITAITUBA

Enterro de jovem assassinada é marcado por muita comoção

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


O enterro da jovem Lorena Lima de Sousa, 24 anos, ocorrido na tarde desta segunda-feira (21), no cemitério municipal de Parauapebas, foi marcado por muita comoção e revolta pela família e amigos da moça. Lorena Lima era candidata ao cargo de conselheira tutelar e foi brutalmente assassinada na noite de sábado para domingo.



De acordo com a Polícia Civil, a vítima foi executada covardemente em um quarto da casa da mãe dela por um indivíduo com golpes de machado na região da cabeça, no Bairro Altamira.


Segundo a delegada Yanna Azevedo, da Divisão de Homicídios, há algumas hipóteses sobre a autoria e motivação do crime, mas nada pode ser divulgado agora, segundo ela, para não atrapalhar as investigações.


A foto de um homem que viveria com a jovem está sendo divulgada pelas redes sociais como um dos suspeitos, mas outras questões estão sendo levantadas. “Não podemos afirmar nada agora”, ressalta a delegada, adicionando que a polícia está fazendo uma investigação criteriosa, não excluindo nenhuma possibilidade e nem concedendo nenhuma informação em momento prematuro das investigações.


O delegado Thiago Carneiro, diretor da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, por sua vez, informa que está trabalhando para tentar prender o suspeito do crime, mas não declinou nome.


Segundo os vizinhos da vítima, Lorena era uma boa pessoa e até agora eles não entendem o que poderia ter motivado a morte da jovem, que fazia parte da Pastoral da Juventude, da Igreja Católica.


Ao lado do corpo da jovem foi encontrado um bilhete que teria sido deixado pelo criminoso, afirmando que fez isso para que ela nunca mais o traísse e que a próxima vítima seria a mãe de Lorena, de prenome Joaquina.


Informações colhidas de vizinhos dão conta que o assassino arrombou a porta da casa onde a vítima estava para executá-la. Como há várias peças de roupas jogadas pelo chão dentro do quarto, tudo leva a crer que Lorena ainda lutou com o assassino para tentar se defender. 

Fonte: (Vela Preta/Waldyr Silva)

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS