ITAITUBA

Estado viabiliza a construção da Eco Rodovia Liberdade como alternativa de rota para a Grande Belém

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


O Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Transportes (Setran) viabiliza a construção da Eco Rodovia Liberdade, uma via expressa, sem obstáculos, sem dispositivos de redução de velocidade e com seu perímetro fechado com barreiras fixas. O objetivo é possibilitar uma alternativa de rota para os motoristas que hoje utilizam a BR-316, garantindo maior conforto e segurança para o deslocamento de pessoas entre o interior do Pará e a capital Belém, fomentando inclusive o turismo regional.

O projeto da Eco Rodovia Liberdade tem 41,8 km de extensão, com traçado saindo da Avenida Perimetral, em Belém, até a Alça Viária, em Marituba.

Na segunda-feira (30), o governador Helder Barbalho encaminhou a Assembleia Legislativa (Alepa) pedido de autorização para operação de crédito para execução da obra, que é estratégica e importante para a mobilidade urbana da Região Metropolitana de Belém. 

“Esta obra fará com que a partir do lado da Universidade Federal do Pará (UFPA), no terreno da Eletronorte, no bairro da Terra Firme, possa haver uma nova avenida interligando com a Alça Viária, passando por Belém, Ananindeua, e chegando em Marituba, uma via expressa para facilitar a vida das pessoas que precisam trafegar, particularmente na Grande Belém” – governador Helder Barbalho.

Segundo o titular da Setran, Adler Silveira, o projeto todo foi elaborado desviando o traçado da região do Abacatal, onde fica a comunidade remanescente de Quilombo do Abacatal, composta por 121 famílias. “Três alternativas de engenharia estão sendo analisadas para a Eco Rodovia Liberdade. No entanto, em todas as alternativas se prevê que a via seja expressa, portanto, ela será toda vedada, assim como se prevê interseções na Avenida Perimetral e na Rodovia da Alça Viária”, explica o secretário.

Fonte: Governo PA

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS