ITAITUBA

Família paterna de Júlia Vitória da sua versão sobre a criança estar com o pai

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Bom pessoal sou tia legítima de Júlia vitória. É assim como o pai e minha mãe eu amo Júlia veio para alegrar as nossas vidas, e nós a amamos Antes de começar a contar a verdade não à mentira como este poste ditas pela mãe.


Eu Vou lhe fazer uma pergunta, se ponha no nosso lugar e responda, Você gostaria de ser deixado com sua avó com menos de 02 meses pela mãe? Sem se quer ter saído do peito frágil? Foi eu senhores eu e minha mãe que deixamos de sair e dormir de madrugada direito para cuidar de Júlia por amor! Porque nós sim a amamos! Quantas vezes eu sai até para casa de namorado com Júlia comigo com roupa frauda tudo que a mãe deveria fazer quantas vezes a minha mãe dormiu tarde com as cólicas de Júlia cuidando fazendo trabalho de mãe! Enquanto a mãe estava no garimpo claro o que agente se espera de uma mulher encontrada em garimpo em um trabalho que não me desrespeito embora seja vergonhoso! Você gostaria de ter uma mãe que te deixa na casa da avó com 1 ano de idade volta para o garimpo e você completa 2 anos e ela se quer liga pra saber se você está bem? Pelo menos pra falar um eu te amo para Júlia! Você gostaria de sair de ter uma mãe que diz que vai visitar a família e te leva e quando é encontrada e bêbada com a criança em situação vergonhosa! Agora se põe no lugar da avó! Digamos que você acolhe na sua casa da uma de suas casas para ela morar dar móveis tudo comida faz as compras para por na mesa dela e ganha a primeira neta sente um amor maior que a vida, aí o relacionamento do filho com a tal mulher não dá certo ela leva a criança ok ganhamos guarda compartilhada, porém no dia de buscar a mãe se nega a entregar a criança a você o avó imagine a dor da minha mãe! Foi preciso chamar um policial pra poder entrega a criança a minha mãe é mesmo assim de tão ruim se negou a entregar roupas para os 15 dias sendo que todas foi o avó que comprou nós compramos! Minha mãe teve que comprar tudo ok isso não é sacrifício algum para nós! Agora sobre isto do meu irmão ter fugido com a criança nossa como pode meu irmão precisa ir trabalhar com nosso pai esperou por 25 dias a mãe sequer ligou logo ele levou Júlia! Não tem nada de roubo nisto ele viajou com todos os documentos dentro da lei! Tendo em. Vista isto não tem ninguém procurando ele, minha mãe já faz, mas de mês que está na justiça pela guarda de Júlia tudo dentro da lei enquanto ela nem se quer dá as caras Lá pra tentar ganhar a guarda porque ela sabe da verdade! E que nós temos muitas testemunhas de tudo que ela fez, da verdade! Testemunha do nosso amor a Júlia meu que sou tia do pai do avô e da avó. VERSÃO DA FAMÍLIA PATERNA DA CRIANÇA.

Na manhã desta quarta feira, 23, fui procurado pela senhora Maria Silvana Dias Rodrigues para falar sobre a situação. Segundo ela, não mandou seu filho ir embora, e que ele não foi fugido, viajou normalmente com sua filha, disse ainda que seu filho Walace Bruno Rodrigues viveu por três anos com Vanessa Cristina, durante esse tempo eles tiveram a pequena Júlia Vitoria, hou uma separação, mas depois voltaram e conviveram mais um ano juntos, depois a separação foi definitiva. A situação sobre a criança foi levada a justiça, houve um entendimento para ambos ficasse 15 dias com criança. A avó relata que mãe vive na região garimpeira e daria atenção necessária a criança. Marias disse que não mandou seu filho ir embora, mas ele viajou e esta em Boa Vista na casa de parente, esta trabalhando e que a criança esta sendo bem cuidada, disse também que vai lutar pela guarda de sua neta, dando os direitos para a mãe ver a criança. O caso já foi comunicado no conselho tutelar de Itaituba. A família materna alega que Walace , pai da criança quebrou o acordo da guarda compartilhada e não devolveu a criança quando terminou o prazo de 15 dias. Eles alegam ainda que não sabem a criança esta, que estarão entrando na justiça para para expedir uma busca da criança. 

Fonte: Blog Junior Ribeiro

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo