ITAITUBA

Família recorre à Justiça para interrupção da gravidez de menina abusada pelo pai

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


 A família da adolescente de 13 anos que engravidou após ser estuprada pelo pai vai recorrer à Justiça pela interrupção da gravidez. O homem foi preso no bairro Santo André, em Santarém, no oeste do Pará, na tarde de segunda-feira (21) e confessou o crime à polícia.

De acordo com o delegado Madson Castro, a polícia trabalha agora na investigação acerca da conduta de toda a família, inclusive da mãe, para identificar as responsabilidades no caso. O inquérito policial não encerrou com a prisão do suspeito.

Pai suspeito de estuprar e engravidar a filha é preso em Santarém — Foto: Magna Santos/TV Tapajós

“A família da adolescente demonstrou interesse de interromper a gravidez e a autoridade policial encaminhou o documento para que a Justiça autorize ou não o procedimento, uma vez que isso é previsto por lei para esses casos”, destacou o delegado.

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdca) está acompanhado o caso para garantir que a adolescente tenha todos os seus direitos respeitados, como manda a lei.

“Após o posicionamento da Vara da Infância e do Ministério Público, vamos estar fiscalizando os direitos da adolescente, pois todo o procedimento deve ser sigiloso e nenhuma informação que possa identificar a menina possa vazar. Vale ressaltar que qualquer compartilhamento de informação que envolve casos que envolver menores de idade é crime”, destacou a presidente do Comdca, Roselene Andrade.


G1 Santarém

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS