ITAITUBA

Figueirense e Botafogo-SP empatam sem gols pela Série B

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Em confronto direto contra o rebaixamento, equipes fizeram uma partida bastante movimentada, mas sem bola na rede

No Orlando Scarpelli, Figueirense e Botafogo-SP não saíram do 0 a 0, na noite desta quinta-feira (26), em duelo que abriu as disputas da 24ª rodada da Série B. Com o resultado, o Alvinegro soma agora 21 pontos e segue na 18ª posição. Enquanto o Tricolor é o 19º colocado, com 19 pontos.

O Botafogo-SP começou o jogo no comando das ações ofensivas. Matheus Anjos, aos oito, por centímetros não anotou o primeiro gol da noite. No minuto seguinte, Rafinha parou em Sidão. O Tricolor ainda teve mais duas chances em sequência com Wellington Tanque, aos 15, e novamente com Rafinha, aos 17. Mas aos poucos, o Figueira colocou ordem na casa e passou a dar as cartas da partida.

Matheus Neris, aos 21, soltou uma bomba rente à meta adversária. Cinco minutos depois, em contra-ataque veloz, Bruno Michel recebeu de Diego Gonçalves, mas mandou para fora. O camisa 90 chegou mais uma vez, aos 31, e parou no goleiro Darley, que também defendeu arremate de Lucas Barcelos, aos 37. Minutos antes do intervalo, mais uma oportunidade para cada lado: Bruno Michel de novo apareceu para o Alvinegro, mas carimbou o travessão, enquanto Rafinha voltou a levar perigo para o Pantera.

O duelo seguiu em ritmo acelerado no início da etapa complementar. Antes dos cinco minutos, Diego Gonçalves e Bruno Michel assustaram para o Figueirense. A resposta tricolor veio com Robson, aos 11, e Jeferson, aos 16. Na sequência, Rafinha também chegou para o Botafogo e Matheus Neris tentou para o time da casa.

Com um pouco mais de presença no ataque, o Pantera teve outras duas chances com Rafinha. Na primeira tentativa, aos 31, Guilherme salvou o Figueira quase em cima da linha, já na segunda, Sidão foi quem evitou o gol. Mas o último lance de perigo do jogo foi do Alvinegro com Diego Gonçalves, aos 43. E apesar das oportunidades criadas, a rede insistiu em não balançar no Orlando Scarpelli.

 

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS