ITAITUBA

Frentista persegue assaltantes e morre atropelada

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Ao tentar recuperar um celular roubado, em Parauapebas, a frentista Jenifer Pereira, de 28 anos, perdeu a vida, além de ter atropelado três adolescentes, que sobreviveram.

De acordo com Idenilson Silva de Souza, marido da vítima, a esposa dele saiu de moto do trabalho, às 17h30, para descansar em casa por uma hora quando, ao passar pela Avenida Sol Poente, seu aparelho celular foi roubado do bolso de trás da calça.


“Ela chegou a conversar comigo, porque ficou uma hora aguardando a ambulância, que estava em outra ocorrência. Disse que o celular estava no bolso traseiro, eles pegaram, puxaram e ela correu atrás”, contou o viúvo.


Em perseguição aos assaltantes, em alta velocidade, Jenifer perdeu o controle da moto e caiu, atingindo três estudantes que saiam de uma escola, ainda na calçada.

“Depois que a ambulância chegou eu não tive mais contato com ela. Quando fui ver já era o corpo dela”, relembrou Idenilson, acrescentando que a morte da esposa ocorreu às 2h45, já nesta quarta-feira (9), por insuficiência respiratória. A vítima trabalhava no Bairro Tropical, morava no Bairro da Paz e tinha um filho.

Fonte: (Vela Preta/Waldyr Silva)

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS