ITAITUBA

Governador Helder Barbalho é aprovado por 51% e rejeitado por 22% no Pará, diz pesquisa

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Pesquisa do DataPoder360 mostra que o trabalho do governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), é considerado ótimo ou bom por 51% dos eleitores do Estado. Outros 22% consideram-o “ruim” ou “péssimo” e 24% acham o desempenho do emedebista regular. 

Os percentuais mantiveram-se estáveis, com variações dentro da margem de erro de 2 pontos percentuais, em relação ao último levantamento, realizado há duas semanas.

Governador Helder Barbalho. Foto: reprodução.
A pesquisa foi feita de 6 a 8 de julho pelo DataPoder360, divisão de estudos estatísticos do Poder360, em uma parceria editorial do jornal digital Poder360 com o “Diário do Pará“, de Belém (PA). O levantamento teve patrocínio da Termogás. 

No Pará, por meio de ligações para celulares e telefones fixos, foram entrevistadas 2.500 pessoas em 78 municípios. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. Dentro dessa pesquisa, foi destacado o recorte de 800 pessoas residentes em Belém. Para os resultados do estudo na capital, a margem de erro é de 3,5 pontos percentuais. Conheça a metodologia lendo este texto. 


Em Belém, 51% aprovam o trabalho de Helder Barbalho. Houve queda de 3 pontos percentuais em 15 dias. A parcela da população da capital que considera a atuação do emebista regular (25%) permaneceu estável. A rejeição subiu de 17% para 22%. 

Aprovação do Governo Bolsonaro 

O DataPoder360 indagou os paraenses sobre a avaliação do governo do presidente Jair Bolsonaro. O levantamento indica que 57% aprovam a gestão bolsonarista. A taxa está 17 pontos percentuais acima da média nacional (40%). 

Houve 1 aumento de 5 pontos percentuais em relação ao último levantamento, quando a avaliação positiva da administração federal era de 52% no Estado. A desaprovação manteve-se estável com 36%. A taxa ficou 11 pontos abaixo da pesquisa nacional: 47%. 
Questionados sobre o desempenho pessoal de Bolsonaro, 38% dos paraenses disseram ser “ótimo” ou “bom”. O número teve alta de 4 pontos percentuais em 15 dias. Está 9 pontos acima da média nacional (29%). 

A taxa dos que avaliam como “regular” teve queda de 10 pontos percentuais no Estado. Passou de 32% para 22% em duas semanas. A rejeição passou de 28% para 34% –alta de 6 pontos. 

Saída de Bolsonaro

Entre os paraenses, 31% defendem que Bolsonaro deve deixar a Presidência da República. Outros 56% acham que o presidente deve permanecer no cargo e 13% não souberam responder. 

Fonte: Portal Poder 360 

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS