ITAITUBA

Grávida é estuprada pelo primo em Oriximiná; suspeito usou faca para coagir a vítima

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Uma mulher grávida de três meses afirma ter sido estuprada pelo próprio primo, na noite de segunda-feira (11). Segundo boletim de ocorrência registrado pela vítima na Delegacia de Polícia Civil de Oriximiná, oeste do Pará, o crime aconteceu por volta das 21h, na casa dela, localizada na Rua Bras Miléo, bairro Cidade Nova.

O ataque sexual teria sido praticado na frente de um dos filhos da vítima, de apenas cinco anos, enquanto outra criança de apenas dois anos dormia. Para coagir a vítima, o estuprador usou uma faca.

De acordo com informações do escrivão de polícia civil, Alessandro Almeida, a grávida foi levada até a delegacia por uma equipe da Polícia Militar a quem pediu socorro. Na delegacia, ela prestou depoimento e o inquérito já foi instaurado para apurar o caso. Mas, embora a polícia tenha informações sobre a identidade do suspeito, ele ainda não foi localizado.

O escrivão informou ainda que a vítima foi encaminhada para fazer exames de corpo de delito e conjunção carnal, e os laudos serão anexados ao inquérito policial.

Segundo a vítima que é prima do suspeito, tudo aconteceu quando ela estava se preparando para o banho. Ela relatou à polícia que o primo se aproximou rapidamente com uma faca na mão, encostando a faca na barriga dela e praticando o estupro em seguida. Um vizinho que ouviu os gritos da mulher foi até a casa dela ver o que estava acontecendo, mas o estuprador conseguiu fugir.

O suspeito, segundo a polícia, já tem passagem pela delegacia por suspeita de tráfico e outros delitos. Passou uma temporada recolhido no Centro de Recuperação Agrícola Silvio Hall de Moura, em Santarém, de onde saiu há pouco tempo.

COM INFO : G1 SANTARÉM

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS