ITAITUBA

Grêmio treina no Paraguai e finaliza preparação para enfrentar o Guaraní

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Tudo pronto para o Grêmio enfrentar o Guaraní, do Paraguai, nas oitavas de final da Libertadores da América. A partida acontece nesta quinta-feira, no Estádio Defensores del Chaco, em Assunção, às 21h30, marcando o reencontro das equipes que se enfrentaram na campanha do título tricolor em 2017.

O centroavante Diego Souza falou em entrevista coletiva antes da atividade iniciar. Entre os assuntos, se manifestou sobre o falecimento de Diego Maradona, projetou o duelo com o Guaraní e citou as dificuldades que o Grêmio pode enfrentar fora de casa e como superá-las para buscar um resultado positivo.

“A temperatura muito alta dificulta, é preciso ter uma estratégia muito boa de jogo e procurar ter o menor desgaste possível, usando a posse de bola. Em jogo de Libertadores você não tem muito o que controlar, mas ter dedicação e nos momentos que ter a bola, ter também inspiração para fazer as coisas acontecerem. Vai estar calor para todo mundo, mas sabemos da importância do jogo e essa adrenalina faz com que estejamos vivos no jogo o tempo inteiro”, respondeu, ao ser questionado sobre as altas temperaturas em Assunção, que nesta quarta chegou em 38 graus e sensação térmica superior.

Grêmio e Guaraní se enfrentaram quatro vezes na história, com duas vitórias do Grêmio, um empate e uma derrota. Na campanha do ‘Tri da América’ em 2017, as duas equipes se enfrentaram na fase de grupos. Com empate em 1 a 1, na 3ª rodada, o Grêmio conquistou a vitória ao jogar em casa na rodada seguinte e vencer por 4 a 1.

O Grêmio também atinge uma marca histórica nesta quinta, chegando às 200 partidas na Libertadores da América. Até agora foram 199 jogos, com 104 vitórias, 42 empates e 53 derrotas.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

Últimas Notícias