ITAITUBA

Hospital do Marajó encerra programação do ‘Novembro Azul’ junto a usuários

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


A equipe do Hospital Regional Público do Marajó (HRPM), em Breves, no sudoeste marajoara, encerrou nesta segunda-feira (30) a programação educativa da campanha nacional do Novembro Azul, com uma palestra e a distribuição de material sobre a importância da saúde integral do homem com foco na prevenção do câncer de próstata. O evento se dirigiu a usuários e acompanhantes que aguardavam atendimento na unidade hospitalar.

Durante todo este mês de novembro, o Grupo de Trabalho de Humanização (GTH) com o apoio do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU), promoveu ações de esclarecimentos de dúvidas sobre as doenças com predominância no sexo masculino.

Segundo a Sespa, entre 1º de janeiro e 30 de agosto de 2020, foram registradas 72.232 internações masculinas no Pará, na faixa etária após os 20 anos. As principais causas foram externas (17.353), como esfaqueamentos, traumatismos e envenenamentos; seguida por doenças infecciosas e parasitárias (15.247); doenças do aparelho digestivo (8.459); doenças do aparelho respiratório (7.675) e do aparelho circulatório (6.582). Os dados são do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DataSUS), que reúne informações inseridas por todos os municípios brasileiros.

Em 2020, em dados atualizados até 30 de setembro pelo Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM) do DataSUS, as doenças infecciosas e parasitárias lideram o ranking de mortes de homens no Pará, com 5.275 óbitos; seguidas por doenças do aparelho circulatório (4.472); causas externas (3.792); doenças do aparelho respiratório (3.055) e cânceres (2.021).

Entre os tipos de óbitos por câncer, o de estômago tem sido o mais letal nos homens com residência no Pará. Só em 2019, ele causou a morte de 416 pessoas do sexo masculino, seguido pelo de próstata, que levou 374 a óbito nesse mesmo ano.

De acordo com o enfermeiro Michel Batista, a campanha Novembro Azul é de alta relevância no combate ao câncer de próstata e para a maior conscientização da importância de exames regulares para diagnóstico precoce da doença.

O câncer de prostáta consiste no crescimento desordenado das células da próstata, um pequeno órgão localizado abaixo da bexiga e à frente do reto, que encobre a porção inicial da uretra. “O câncer de próstata é assintomático. Mas, quando o paciente apresenta dificuldade para urinar, encontra sangue na urina e sente dor nos ossos, são indicativos de que a doença está em estado avançado. Por isso, é sempre bom procurar o médico’’, orientou o enfermeiro Michel Batista.

O pai de família Benedito Fernandes Pastana, 54, residente do Rio Nambuaçu, município de Gurupá, no Marajó, ficou agradecido pelas orientações que recebeu a respeito do tema, enquanto aguardava sua consulta médica.

“Eu estou achando muito importante essa ação com repasse de orientações. Temos que fazer esse exame, porque essa doença é cruel, é uma doença perigosa, e temos que ter muito cuidado. A gestão do Hospital Rergional está de parabéns pela iniciativa’’, aprovou o usuário Benedito Pastana.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), no Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). Em valores absolutos e considerando ambos os sexos, é o segundo tipo mais comum. A taxa de incidência é maior nos países desenvolvidos em comparação aos países em desenvolvimento.

O enfermeiro Michel Batista cita algumas dicas para prevenção da doença, como manter uma dieta rica em frutas e legumes; evitar comer excesso de gordura, principalmente a carne vermelha; diminuir o consumo de álcool; não fumar; manter o corpo ativo com atividades físicas pelo menos de 30 minutos por dia e, manter o peso adequado com a altura.

SERVIÇO

O Hospital Regional Público do Marajó oferece assistência de média e alta complexidades, e é referência em várias especialidades para usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). A Unidade dispõe de atendimento ambulatorial de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h, na avenida Rio Branco, 1.266, no Centro, de Breves.

Mais informações: (91) 3783-2140/ 3783-2127.

*Por Lucas Brilhante*

Fonte: Governo PA

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo