ITAITUBA

Hospital Municipal de Santarém desmente nascimento de bebê com anomalia genética

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Uma imagem que circula em redes sociais, mostrando um suposto bebê com uma cauda, levou o Hospital Municipal de Santarém (HMS), a informar a população que se trata de fake news. A informação foi dada agora a pouco pelo portal Santarém, através do Jornalista Jerferson Miranda.
A imagem mostra um bebê com uma anomalia genética identifica ao rabo de um animal. No último fim de semana, vários questionamentos foram feitos a unidade de saúde, se o nascimento do bebê seria verdade.

Imagens que circulam nas redes sociais 

O Hospital Municipal reitera que se trata de notícia falsa. “Não é verdade. Não nasceu essa criança no Hospital Municipal de Santarém. A resposta é que não procede”, informou a assessoria de imprensa do HMS.


DISSEMINAÇÃO DE FAKE NEWS
Além do Hospital Municipal de Santarém, outras unidades de saúde do Estado do Pará padecem com a disseminação de fake news.
Diversas notícias falsas tratam desde supostas vacinas até alimentos milagrosos para cura de doenças. Com a popularização de aplicativos de mensagens, a divulgação das chamadas fake news (notícias falsas) acontece de forma ainda mais rápida e intensa.
COMBATE ÀS FAKE NEWS
Para combater as fake news sobre saúde, o Ministério da Saúde, de forma inovadora, está disponibilizando um número de WhatsApp para envio de mensagens da população. Vale destacar que o canal não funciona como um SAC ou tira dúvidas dos usuários, mas um espaço exclusivo para receber informações virais, que serão apuradas pelas áreas técnicas e respondidas oficialmente se são verdade ou mentira.
Qualquer cidadão pode enviar gratuitamente mensagens com imagens ou textos que tenha recebido nas redes sociais para confirmar se a informação procede, antes de continuar compartilhando. O número é: (61)99289-4640.

Portal Santarém

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo