ITAITUBA

Igarapé-Miri: Polícia Civil prende acusados de envolvimento em crimes.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


A Polícia Civil de Igarapé-Miri, nordeste paraense, prendeu, nos últimos dias, dois envolvidos em crimes, em Igarapé-Miri, nordeste paraense. Um deles é o lavrador Jonas Martins Gonçalves, de 20 anos, acusado de homicídio e que está com mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça. O outro é o foragido de Justiça Edson de Jesus Campos de Araújo, 20 anos, de apelido Ninito. Em informações divulgadas nesta sexta-feira, 15, a equipe de policiais civis informa que as investigações apontaram que o preso Jonas Gonçalves cometeu o crime após invadir a casa do tio, Adenil Pantoja Martins, 26 anos, durante a noite de 6 de junho de 2014, para matá-lo com um disparo de arma de fogo.
A ordem de prisão foi decretada pelo juiz titular da Comarca de Igarapé-Miri, Eduardo Freire, após representação do delegado Alexandre Clós. Conforme o policial civil, a vítima do crime foi morta, por volta de 20 horas, quando estava em sua casa, na vila Nova Aliança, às margens do rio Caji, zona rural do município. O crime seria resultado de uma rixa entre o acusado e a vítima. Dez dias antes do crime, a vítima foi acusada por Jonas de ter furtado a espingarda de propriedade de um morador na comunidade, fato que Adenil negou ter cometido. A acusação levou o dono da arma roubada a ir até a casa de Adenil perguntar se ele havia furtado a espingarda. 
Após isso, a vítima foi tirar satisfações com Jonas e os dois acabaram discutindo, o que gerou a rivalidade entre eles. As investigações mostraram que Jonas premeditou o crime. Horas antes, ele armou-se com uma espingarda pertencente ao seu pai e aguardou o melhor horário para invadir a casa da vítima e matá-lo com um tiro no peito. Após o crime, o acusado fugiu da comunidade. Familiares da vítima ainda tentaram socorrê-la. Com a expedição do mandado de prisão preventiva, o acusado passou a ser considerado foragido, até ser localizado e preso.
FORAGIDO É PRESO As Polícias Civil e Militar prenderam, nesta quinta-feira, 14, o foragido de Justiça Edson de Jesus Campos de Araújo, 20 anos, de apelido Ninito, durante operação conjunta, em Igarapé-Miri, nordeste paraense. Os policiais localizaram o procurado que estava escondido em uma casa na rua Rufino Leão, bairro Macapá. Durante o cerco ao imóvel, Edson ainda tentou fugir pelos fundos da casa, mas acabou preso pela equipe formada pelo delegado Alexandre Clós e investigador Denilson Bitencourt. Ele estava na condição de fugitivo do presídio Colônia Agrícola Heleno Fragoso, no Complexo Penitenciário de Americano, em Santa Izabel do Pará. A prisão dele é resultado de mandado de recaptura expedido pelo juiz titular da 1ª Vara de Execuções Penais da Região Metropolitana de Belém, Cláudio Rendeiro.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS