ITAITUBA

INDÍGENA CONFESSA O CRIME BÁRBARO QUE COMETEU NO DISTRITO DE MIRITITUBA

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Na noite desta quinta-feira (07), por volta das 22h:30m o indígena Raulisson Paigó Munduruku confessou o crime e contou como tudo teria acontecido segundo ele, o Edmar teria tentado abusar sexualmente de uma de suas filhas menor de idade, ele sem dizer nada a ninguém convidou o Edmar que comemorava seu aniversario para ir a bica próximo a caixa d’água  nas margens do Rio Tapajós no final da 1° rua do bairro DNER em Miritituba.


Ao chegar no local ele desferiu um golpe de facão no pescoço da vitima que já caio morta ao solo. Como revolta segundo o Raulisson  ainda tirou o órgão genital da vitima as orelhas e as vísceras do Edmar e jogou os órgãos mutilados no rio tapajós e também jogou o corpo no barranco. Nossa equipe de reportagem perguntou se o mesmo se  arrependia ele disse que faria tudo outra vez. Agora a policia civil vai pedir a transferência de Raulisom para o presídio de Itaituba. 




COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS