ITAITUBA

INDÍGENAS PROTESTAM CONTRA REUNIÃO DO ICMBIO E ALEGAM QUE ÓRGÃOS QUE DEVERIAM DEFENDER O MAIO AMBIENTE SE UNEM PARA BENEFICIAR OS GRANDES EMPREENDIMENTOS, PREJUDICANDO O POVO MUNDURUCU.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


A reunião do conselho consultivo da floresta nacional  Itaituba 1 e 2,  realizada na faculdade de Itaituba, foi coordenada pelo ICMbio e teve como pauta principal informar sobre a gestão da FLONA Itaituba 1 e 2, reestruturação do conselho consultivo, apresentação do processo de demarcação das terras indígenas e concessão florestal. Mas, antes da reunião  houve protesto de indígenas que alegaram não ter sido convidados para a reunião. 

Os representantes do conselho consultivo também se manifestaram conta a atitude dos indígenas em tentar cancelar a reunião, segundo eles o encontro do conselho é obrigatório sempre que necessário.



O bate boca foi intenso entre indígenas, representantes do ICMbio e conselho consultivo da FLONA Itaituba 1 e 2. De um lado os conselheiros querendo a reunião e do outro os nativos alegando que as decisões tomadas nessas reuniões não favorecem o povo indígena. Ao tomar conhecimento da reunião, o presidente da associação indígena do estado do Pará  veio à Itaituba defender o povo Mundurucu. Segundo Miguel Correa, existem exemplos em Altamira onde aconteceu a mesma coisa e o prejudicado  foi o povo.


Os representantes do  ICMbio justificaram o motivo da reunião alegando que o conselho consultivo também precisa reunir  para discutir os assuntos  relacionados com a FLONA Itaituba 1 e 2 e disseram que  precisam encontrar uma forma de incluir a representação indígena no conselho consultivo. 

Ao final do protesto os indígenas decidiram deixar o local da reunião após a entrega de um documento que garantiu a retirada da pauta qualquer assunto relacionado com a demarcação das terras indígenas. De acordo com o presidente da cooperativa de produtores de Caracol, é preciso chegar a um acordo onde todos sejam beneficiados.


Fonte: https://plantao24horasnews.blogspot.com.br/ 

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo