ITAITUBA

Jornalista e radialista Jota Camargo morre vítima da Covid-19, em Itaituba

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


O conhecido jornalista, radialista e também diretor de fomento animal da SEMAGRA,  João Evangelista Soeiro da Silva , 66 anos, conhecido popularmente por Jota Camargo, morreu na manhã desta terça-feira (30), vítima da Covid-19 em Itaituba. Muito querido no ramo da comunicação, no qual atuava há mais de 40 anos, a notícia de sua morte comoveu toda a imprensa Itaitubense. 
Jota Camargo.  Foto: Weslen Reis/Plantão
Segundo informações do irmão Camarguinho, Jota contraiu o vírus há exatamente 17 dias e estava se tratando em casa com todos os medicamentos receitados somado ao  acompanhamento médico. Até então seu quadro de saúde apresentava melhoras. 
Realizado exames torácicos, ele foi diagnosticado com Pneumonia. “Mas ele não ficou ofegante, não comprometeu a respiração dele. Há quatro dias ele tava andando, esperto, em casa, tomando banho de sol. Tava tudo normal”, contou o irmão em entrevista. 
Somado a isso, Jota sofreu há 4 dias Esquemia Cerebral o que o deixou sem falar sendo a comunicação somente através de gestos. Jota teve então que ser internado  recentemente na Unidade de Pronto Atendimento – UPA, referência no tratamento de pacientes positivados ao vírus. 
Quando na noite desta segunda-feira (29), ele sofreu outra crise cerebral a qual seria uma das complicações que o levaria a morte na madrugada desta terça-feira (30). Ainda conforme o irmão, ainda tentou-se conseguir junto ao prefeito e secretário de saúde um leito em Santarém, no entanto, não se conseguiu. “Fui acordado com a notícia que ele tinha dado outra crise e infelizmente veio a falecer”, finalizou o irmão em abalo emocional.
Diego Mota, vereador e comunicador, externou seu sentimento por tão grande e irreparável perda, dizendo “Eu não to nem acreditando ainda porque ontem à noite eu falei com a esposa dele e ele estava razoavelmente se recuperando. É lamentável, a gente se sente impotente, principalmente a gente que é agente público, que quer que aconteça da melhor maneira. Mas infelizmente essa doença é covarde. Jota é um ícone da comunicação. Estamos todos contristados e de luto”.
Cortejo e sepultamento
Em decorrência de Jota Camargo ter sido vítima da Covid-19, as limitações quanto a velório e aproximação ao corpo, são impostas de forma incisiva para evitar justamente a contaminação de outras pessoas. 
Com muita emoção e sentimento de desespero por parte da esposa de Jota Camargo, o sepultamento, que antecedeu uma leitura bíblica feita pelo pastor Lauro Brito, reuniu amigos e familiares e aconteceu no cemitério Santo Antônio, por volta das 10h30. 
O último adeus ao grande Jota Camargo se deu com muita emoção.
Em razão de tão grande perda, a imprensa Itaitubense declarou luto.
Plantão 24horas News

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS