ITAITUBA

Jovem perde 100% do couro cabeludo em acidente com eixo de embarcação em Oriximiná-PA

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Durante viagem em uma embarcação na comunidade Jarauacá, região de Oriximiná, no oeste do Pará, uma jovem de 29 anos perdeu 100% do couro cabeludo após acidente com o eixo da embarcação. O acidente aconteceu por volta das 10h30 desta quinta-feira (9).
A jovem, identificada como Diosimara da Silva Lopes, recebeu os primeiros atendimentos das equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e Brigada de Bombeiros ainda na comunidade onde mora. Depois, uma ambulancha a levou para o Hospital Municipal de Oriximiná (HMO).

Vítima foi levada de ambulancha da comunidade onde mora para ser atendida no Hospital Municipal de Oriximiná — Foto: Márcio Garcia/Arquivo Pessoal
Segundo o chefe da equipe do Samu, Fabiano Dias, a ambulancha demorou cerca de uma hora para chegar localidade. “Quando estávamos a caminho da comunidade, a vítima já tinha recebido ajuda e os encontramos durante o percurso, onde ela foi trasladada e socorrida”, explicou.
A jovem precisou tomar soro por conta da quantidade de sangue que perdeu. “Foi um escalpelamento total, ela perdeu todo o couro cabeludo, além de parte do tecido do ombro. Nós fizemos procedimentos ainda na embarcação e trouxemos para o Hospital Municipal. Apesar do ocorrido, a vítima esteve todo o tempo consciente”, disse o enfermeiro.

Gelson Araújo e Fabiano Dias, chefes da Brigada e do Samu, respectivamente, foram até a comunidade socorrer a vítima — Foto: Márcio Garcia/Arquivo Pessoal
Em menos de um mês, este é o segundo caso de escalpelamento em Oriximiná. O último caso vitimou uma criança de sete anos, que também perdeu 100% do couro cabeludo em um acidente semelhante, ocorrido no dia 23 de dezembro, na comunidade Acari.
Transferência
De acordo com a secretaria de saúde de Oriximiná, Márcia Campos, a jovem recebeu no HMO atendimentos para diminuir o sofrimento e a dor. “Ela continua no hospital, estabilizada, e nós já solicitamos a transferência, considerando que o escalpelamento requer um protocolo. Já entramos com os documentos de ‘tratamento fora de domicílio’, e ela deve ir para Belém, estamos só aguardando a confirmação do leito”, contou.
Segundo a secretária, mediante a confirmação do leito, a aeronave será acionada, inclusive o Estado se dispôs a fazer esse transporte.
“Esse já é o segundo caso em menos de dois meses, isso revela que devemos fazer alguma ação educativa, fiscalização, não sei, mas isso é muito preocupante”, finaliza a secretária.
Nota da Marinha
“A Marinha do Brasil, por intermédio da Capitania Fluvial de Santarém(CFS), informa que tomou conhecimento sobre um acidente de escalpelamento, ocorrido hoje (9), a bordo de uma embarcação na comunidade de Erepecuru, em Oriximiná-PA. A vítima, uma mulher de 29 anos, está no Hospital Municipal de Oriximiná e aguarda a transferência para prosseguir o tratamento na Fundação Santa Casa de Misericórdia, em Belém-PA. A CFS irá instaurar um inquérito para apurar as causas, circunstâncias e possíveis responsabilidades pelo fato ocorrido”.
G1 Santarém *Colaborou Márcio Garcia, de Oriximiná.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo