ITAITUBA

Líder comunitário de Parauapebas preso em Belém faz apelo no facebook

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Na manhã da última terça-feira (21), o líder comunitário Jonas Conrado, de Parauapebas, fez uma postagem em seu perfil na rede social facebook e pediu que a sociedade o ajudasse. Jonas foi preso em Parauapebas no último dia 28 junho, acusado pelos crimes de extorsão e associação criminosa, e transferido para Belém.



De acordo com as investigações, o acusado estava extorquindo familiares de pessoas investigadas pela Operação “Filisteu”, do Ministério Público do Pará, exigindo de R$ 250 mil a R$ 1 milhão, afirmando que esse valor seria repassado para procurador de Justiça e presidentes do TJ e TRE.

Apelo no facebook

“Eu quero pedir um apelo para toda a sociedade de Parauapebas e meus amigos que me conhecem e sabem que não sou nenhum criminoso, mas estou sendo tratado como um. Fui muito agredido e ainda estou sendo, pois me encontro numa situação difícil, pois estou pagando por uma coisa que não cometi. Eu não tenho o dinheiro que falaram que eu tinha, porque se fosse assim não estaria preso. Eu peço que as pessoas que puderem me ajudar, procurem minha família ou minha mulher Fernanda, quadra 37 lote 52 bairro Tropical 2. Agradeço aqueles quer puderem me ajudar. Me ajudem”, finalizou.

Ainda não se sabe se foi o próprio Jonas Conrado que conseguiu driblar a segurança do presídio em que se encontra preso e teve acesso às redes sociais, ou se o acusado pediu para alguém de sua família fazer a postagem em seu perfil do facebook. 

Fonte: (Pebinha de Açúcar/Waldyr Silva)

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS