ITAITUBA

Mais de 120 produtores do Estado do Rio de Janeiro participaram da primeira etapa do Programa de Monitoria de Qualidade do Leite IN 76 e 77, da parceria do SENAR Rio e Sindicatos Rurais

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Durante a primeira de duas visitas com intervalo de 60 dias, os produtores participantes tiveram sua conformidade com as instruções normativas em vigência verificadas e receberam consultoria especializada para obter um leite de melhor qualidade.

Durante a etapa, o SENAR Rio verificou que aproximadamente 80% dos produtores assistidos não fazem pré e pós dipping e 74% ainda utilizam meios de limpeza dos tetos inadequados, tal como uso de panos. Práticas simples que quando modificadas, refletem imediatamente na qualidade do produto.

Mais de 65% dos produtores atendidos durante 2020 são fornecedores da Cooperativa Agropecuária de Macuco, que possui um programa de bonificação por qualidade que representa a mais no bolso do produtor, R$0,20 por litro de leite. Segundo a Supervisora de Qualidade do Leite da Cooperativa, Camila Zimmer de Assis, o trabalho contribui e muito com a empresa, durante visitas aos produtores de tanques comunitários da região de Bom Jardim, percebemos a mudança e o entusiasmo dos produtores em receber o técnico em todos os currais levando informação e conhecimento.

“Fico até sem palavras para descrever o quão incrível foi a experiência de participar da Monitoria de Qualidade do Leite! Eu conheci lugares maravilhosos, produtores incríveis, e sem contar, a presidente do Sindicato Rural de Trajano de Moraes. O Programa é claro, objetivo, simples e funcional. Gostei da metodologia, de toda a preocupação do SENAR em relação aos produtores, que na minha opinião são merecedores de todo apoio e atenção, e por conta da falta de tempo, pelo imenso trabalho diário, o SENAR Rio proporciona conhecimento, assistência e todo apoio aos mais afastados produtores da região. Minhas palavras são de agradecimento! Fico lisonjeada de fazer parte do SENAR Rio.” Brenna Rotondo, instrutora do SENAR Rio

Brenna Rotondo, instrutora do SENAR Rio

Segundo a presidente do Sindicato Rural de Trajano de Moraes, que mobilizou mais de 70 produtores de sua região, em menos de três meses e durante a pandemia do novo Coronavírus, o trabalho foi muito gratificante, poder contribuir com pequenos produtores com dificuldade de adequação aos normativos do Ministério da Agricultura não tem preço.

Participam desta etapa do Programa a Cooperativa Mista de Valença de Responsabilidade LTDA, Cooperativa Mista dos Produtores Rurais do Vale do Carangola LTDA – Natividade, Cooperativa Agropecuária de Nossa Senhora do Amparo LTDA – Barra Mansa e Laticínio Ribeiro de Souza – LTDA (Larisol) de Bom Jardim, Laticínio Fazenda do Degredo LTDA de Rio das Flores e Laticínio JC de Volta Redonda.

Quer conhecer mais e participar também? Assista aos nossos vídeos no YouTube (www.youtube.com/senarrio), procure o Sindicato Rural mais próximo ou a empresa para qual fornece seu leite!

Sistema FAERJ/SENAR Rio/Sindicatos Rurais à serviço do Produtor Rural Fluminense.

Acompanhe nossas mídias digitais: Facebook | Instagram | Linkedin | YouTube

Fonte: CNA Brasil

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

Últimas Notícias