ITAITUBA

Mês de agosto já registra 21 casos de violência contra mulheres e crianças, em Itaituba

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Até o dia 17 de Agosto deste ano, a delegacia Especializada no Atendimento a Mulher – DEAM de Itaituba, já registrou um total de 14 casos de violência doméstica contra mulheres e 7 casos contra crianças. 

A delegada da Mulher, Géssica Gomes, destacou que em um levantamento comparativo neste mesmo período mas do ano de 2019 à Julho de 2020, o número de denúncias alcançaram uma certa compatibilidade em comparação a anos anteriores.

Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher, em Itaituba. Foto: Weslen Reis/Plantão

Todavia, devido a recente flexibilização na restrição do processo de quarentena no município, o número de pessoas que procuraram o órgão para denunciar crimes de violência, aumentou. 

“Esse é o passo principal para quem quer da um basta. Muitas vezes as mulheres vão relevando, deixando pra lá e vai passando. E ela não sabe quais as consequências desse comportamento. Vendo que ela tá deixando pra lá, o agressor vai se sentindo confortável pra aumentar o tipo de violência e progredir até pra um possível feminicídio”, frisou.

Surgimento da violência

A delegada salientou ainda que o início da violência parte através de discussões simples de casal, as quais muita vezes progridem para ofensas verbais e tentativa de menosprezo da qualidade da mulher, ou seja, o julgamento. 

Delegada da Mulher, Géssica Gomes. Foto: Weslen Reis/Plantão

São indicadores iniciais, fáceis de serem identificados na convivência do dia a dia, no entanto, como bem enfatizou, muitas mulheres acabam relevando tais julgamentos e ofensas, já considerados violência, de cunho moral. 



Plantão 24horas News 

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo