ITAITUBA

Ministérios Públicos e Defensoria Pública do Estado recomendam lockdown aos municípios da região Xingu

O Hospital Regional da Transamazônica é o único que possui UTI, mas encontra-se há dias com 100% de ocupação

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Nesta sexta-feira (26), após o anúncio de lockdown pelo município de Altamira, o maior da região Xingu, o Ministério Público do Pará, o Ministério Público Federal e Defensoria Pública do Estado do Pará recomendaram aos prefeitos municipais de Brasil Novo, Vitória do Xingu, Medicilândia, Uruará, Placas, Anapu, Pacajá, Senador José Porfírio e Porto de Moz a imediata suspensão total do funcionamento de serviços não essenciais (lockdown) nos seus respectivos municípios, nos moldes do Decreto do Município de Altamira 188 de 2021 ou em conformidade com as normativas para bandeira preta do Decreto n. 800/2020 do Estado do Pará

As instituições recomendam ainda que, após a decretação da medida restritiva extrema (lockdown), sejam adotadas estratégias adequadas para continuidade da campanha de vacinação contra covid-19, bem como, para o atendimento da população em situação de vulnerabilidade alimentar.

Em 25 de março de 2021 a Prefeitura de Altamira anunciou a adoção do lockdown no período de 27 de março a 4 de abril de 2021, com o objetivo de conter a onda de contaminação da covid-19. Considerando a necessidade de manter uma uniformidade entre as políticas de isolamento da Região Xingu, tendo em vista que o Hospital Regional da Transamazônica é o único na região inteira que possui Unidade de Terapia Intensiva (UTI), encontrando-se há dias com 100% de ocupação de UTI e pacientes em fila, Ministérios Públicos e Defensoria Pública do Estado uniram-se para garantir que as medidas de isolamento sejam aplicadas à toda região Xingu.

No dia 19 de março de 2021 o número de internados era de 139 pacientes, considerando leitos exclusivos para covid-19, um crescimento de 56% acima do pico de internações em 2020, representando um recorde de internações por covid-19 desde o início da pandemia na região Xingu .

Ainda, pontuam as instituições que apenas nos últimos 7 dias em toda região Xingu foram contabilizados 932 novos casos, mesmo considerando a baixa testagem que vem sendo efetuada em toda região, e, ainda, 23 óbitos, de um total de 434, o que corresponde a 5% do total de mortes contabilizadas em mais de um ano de pandemia em apenas 7 dias.

Os recomendados possuem o prazo de 24horas para informar se acatarão à recomendação e de mais 24horas para determinar a imediata suspensão total do funcionamento de serviços não essenciais (lockdown) nos seus respectivos municípios, nos moldes do Decreto do Município de Altamira 188 de 2021 ou em conformidade com as normativas para bandeira preta do Decreto n. 800/2020 do Estado do Pará.

Fonte: MPPA

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo