ITAITUBA

Mulher acusada de matar homem é presa com revólver em garimpo de Itaituba

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Uma mulher identificada como Maria Jeane Costa Castro Pinheiro, de 39 anos, conhecida pelo apelido de “Cris”, foi presa na madrugada desta segunda-feira (21), no garimpo Cuiú-cuiú, região de Itaituba, pelo crime de porte ilegal de arma de fogo.

A prisão foi efetuada após uma guarnição da Polícia Militar ter recebido uma denúncia anônima de que a suspeita estaria portando uma arma na cintura. 


Arma apreendida com a mulher / Vítima de homicídio do qual Maria é acusada. Fotos: reprodução


Diante disso, a polícia saiu em diligência e a abordou na área de um bar da localidade, ocasião em que ela veio a resistir à prisão sendo necessário uso de força policial para realização de imobilização. 


Com ela, a polícia encontrou e apreendeu 01 (um) revólver calibre 38 e 21 (vinte e uma) munições intactas. O caso foi comunicado ao delegado plantonista da Polícia Civil para o devido procedimento legal.


Crime de homicídio


Maria Jeane é acusada de matar um homem identificado como José Carlos Cantanheide Rocha, conhecido pelo apelido de “Negão Barbixa”, na noite do dia 25 de abril de 2020 no garimpo Cuiú-cuiú. 

José Carlos Cantanheide Rocha, vítima. Fotos: reprodução


De acordo com informações, 
o crime teria sido motivado por desavenças. Na ocasião, acusada e vítima teriam tido um desentendimento na área de um bar, fator que a levou a efetuar vários disparos de arma de fogo contra a vítima.


Diante disso, com um mandado de prisão expedido, a acusada se apresentou espontaneamente na 19ª Seccional de Polícia Civil de Itaituba no dia 07 de Maio, e responde em liberdade.



Fonte: Plantão 24horas News 

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

Últimas Notícias