ITAITUBA

Novembro de 2020 foi o 2º mês com maior redução de crimes dos últimos 10 anos

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Com os constantes investimentos realizados na área da segurança pública, seja na aquisição de equipamentos, melhoramento em estruturas e no reforço do efetivo policial nas ruas, os números obtidos pela Secretaria Adjunta de Inteligência e Análise Criminal (Siac), vinculada à Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) apontam o que é possível perceber nas ruas, a diminuição da violência. 

O mês de novembro foi o segundo melhor mês em redução de criminalidade desde 2010. O primeiro lugar ficou com o mês de junho, empatado com setembro, de 2020. O número computado dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), que engloba homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte em novembro deste ano, foi de 179 ocorrências, 16% a menos do que o ano passado, quando houve o registro de 213 crimes computados.  O mês de junho e setembro registrou 171 registros.

O índice de homicídio caiu para 19% em novembro, em todo o Estado, com relação ao ano passado, que registrou 203 casos, e este ano registrou um total 165 registros, totalizando 38 ocorrências a menos. Ainda em novembro, o furto caiu 38% no Pará. No ano passado, 9.859 casos foram registrados. Já neste ano foram 6.122 casos, resultando em menos 3.737 casos. Também houve redução de 24% do crime de roubo, no mês de novembro, no Pará. No ano passado foram computadas 7.039 ocorrências deste tipo de crime e este ano 5.334, totalizando 1.705 registros a menos, e tornando novembro de 2020 o mês de novembro com menor registro de roubos, ao comparar com o mesmo mês dos últimos dez anos.

“Após a redução alcançada em 2019, quando comparada a 2018, nós tivemos o desafio de sermos melhores que nós mesmos em 2020. E a gente vem conseguindo, já ao final de 2020 uma queda significativa ao ponto de ser reconhecido nacionalmente como o Estado do Brasil que que mais reduziu a criminalidade este ano, dados apontados  por estudos e organismos nacionais e desvinculados à segurança pública do Estado”, afirmou o secretário de segurança pública e defesa social do Pará, Ualame Machado.

RMB – Em novembro, no ano passado, foram registrados 43 casos de CVLI na Região Metropolitana de Belém, número que em 2020 ficou em 40 casos, com uma redução de 7%. Com relação aos dados de homicídio, foram registrados 41 em 2019 e 35 neste ano, computando uma redução de 15%.

Os casos de furto na RMB, em novembro, diminuíram 48%. O número de ocorrências ficou em 4.790 no ano passado e 2.496 este ano, com redução de 2.294 registros. Os casos de roubos, em novembro, na RMB, apresentaram uma diminuição de 21%, com 860 casos a menos. No ano passado, foram 4.096 registros computados, e 3.236 em 2020. 

Para o próximo ano, inteligência e integração serão as palavras-chaves. “Para 2021 o nosso desafio é sermos melhores que 2020 e para isso nós vamos utilizar muitas tecnologias, muita inteligência, integração das bases de dados e das forças para que a gente possa sempre se reinventar. Nós estamos inaugurando, neste final de 2020 e início de 2021, vários mecanismos, equipamentos, tecnologias que vão melhorar a qualidade do nosso trabalho, a eficiência e a rapidez na elucidação de casos, a exemplo do monitoramento com reconhecimento facial, leitura de placa de veículos roubados ou furtados, integração das nossas bases a fim de agilizar qualquer consulta. De forma geral, o investimento em integração e  tecnologia é o forte para que possamos ser melhores do que 2020”, acrescentou o secretário.

Janeiro a novembro – Os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) tiveram uma diminuição de 21%, nos onze meses de 2020, em todo o Estado, comparando 2019 e 2020. Foram computadas 2.662 ocorrências no ano passado e 2.095 em 2020 – o equivalente a 567 vidas preservadas. Os casos de homicídios também caíram para 22%, onde em 2019 foram registrados 2.511 e em 2020 foram 1.971 com 540, casos a menos.

Houve queda de 29% no número de roubos, de janeiro a novembro, em todo o Estado. Houve 79.363 ocorrências em 2019 e 56.366 em 2020, totalizando a redução de 22.997 registros. Os furtos também caíram em 30%, em relação ao período de janeiro a novembro de 2019, no Estado. No ano passado foram 111.410 registros, e este ano 77.626, uma diminuição de 33.784 casos.

RMB – A Segup constatou, também, a redução de 35% nos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) na RMB. O levantamento compara as ocorrências registradas de janeiro a novembro dos anos de 2019 (656 crimes foram computados) e 2020 (426 registros contabilizados). Nesse período, 230 vidas foram preservadas.

Houve a diminuição, ainda, no número de homicídios, que caiu 34%. No ano passado, de janeiro a novembro, 605 ocorrências foram computadas na RMB. Em 2020, o total foi de 398 – 207 registros a menos.

O número de roubos diminuiu 38%. No ano passado, 47.741 ocorrências foram contabilizadas e, este ano, no mesmo período, foram 29.752, o que resulta em 17.989 casos a menos. Os casos de furtos reduziram em 44% com relação ao ano passado, quando foram registrados 54.153 casos de janeiro a novembro. Este ano, foram constatados 30.353, uma diminuição de 23.800.

Feminicídio – O crime de feminicídio registrou, no ano passado, 41 ocorrências, de janeiro a novembro, em todo o Estado e neste ano 61. Para denunciar esse crime e outras formas de violência qualquer pessoa pode enviar mensagens para o WhatsApp do Disque Denúncia (91) 98115-9181 ou ligar para 181. O sigilo e o anonimato são garantidos. Se precisar de atuação policial imediata, basta acionar o Centro Integrado de Operações (Ciop) – 190.

Fonte: Governo PA

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo